9 ago 2003 - 15h05

Em time que está ganhando não se mexe

Durante vários dias, a torcida atleticana reclamou por mudanças na equipe. Estava cansada de ver o time sucumbir em jogos fora de casa – o Atlético não venceu sequer uma partida fora da Arena da Baixada neste Campeonato Brasileiro. Bastou uma partida para o discurso mudar radicalmente.

Agora, o que todos querem é a manutenção da filosofia de Mário Sérgio, que funcionou contra o Paraná Clube. O primeiro passo já foi anunciado pelo técnico: o esquema 3-5-2 será mantido para o jogo contra o Grêmio, neste domingo. A base do time titular será extraída dos onze que começaram jogando diante do tricolor, na última quarta-feira.

Na realidade, há apenas duas dúvidas confessadas: na zaga e na cabeça de área. Juliano está machucado e caso não tenha condições de jogo dará lugar a Tiago. Mais a frente, Alan Bahia e Douglas Silva disputam a camisa 5. O segundo é mais experiente e seria o titular caso estivesse com 100% de sua forma física.

O restante do time já está definido. O goleiro Diego, novo capitão do time, é um dos mais animados para o jogo. Ele começou sua carreira nas categorias de base do Grêmio e sempre teve boas atuações contra o tricolor gaúcho, desde os tempos em que defendia o Juventude. Seus desempenhos mais memoráveis ocorreram nas quartas-de-final do Brasileiro 2002, quando recebeu notas 7,5 e 8 da Revista Placar.

Além dele, estão confirmados os atacantes Ilan e Alex Mineiro e o meia Adriano, que serão os principais responsáveis por marcar os gols atleticanos. O jovem Jadson ficará no banco de reservas, como opção para o segundo tempo.

Grêmio

O Grêmio adotou a mesma tática que o Atlético colocará em prática na próxima semana. O técnico Nestor Simionatto levou os atletas para a cidade de Canela, na Serra Gaúcha, onde o clube ficou concentrado antes dos jogos contra o Santos e contra o Guarani. Funcionou na primeira partida (vitória por 2 x 0), mas não deu certo na segunda (derrota por 2 x 0).

A situação do clube é desesperadora e os torcedores estão revoltados com a péssima campanha no ano do centenário. Por isso, os atletas encaram a partida contra o Atlético como decisiva.

Nestor Simionatto ainda tem quatro dúvidas para definir o Grêmio para o jogo deste domingo. O zagueiro Roger e o volante Tinga não estão bem fisicamente e podem ser vetados pelos médicos. Renato e Leânderson já estão de sobreaviso. Por motivos técnicos, o lateral Anderson Lima pode perder a vaga para George. Por fim, Jorge Mutt e Eduardo Marques disputam a posição no meio-campo.

25ª Rodada – (10/08) – Grêmio x Atlético – Olímpico
A:
Romildo Corrêa (SP); H: 18h00; T: Rádio CBN (90.1 FM).

GRÊMIO: Danrlei; Adriano, Baloy e Roger (Renato); Ânderson Lima (George), Marcos Paulo, Tinga (Leânderson), Jorge Mutt (Eduardo Marques) e Gilberto; Bruno e Caio. T: Nestor Simionatto.

ATLÉTICO: Diego; Rodriguinho, Igor, Rogério Corrêa, Juliano (Tiago) e Ivan; Alan Bahia, Luciano Santos e Adriano; Ilan e Alex Mineiro. T: Mário Sérgio.


Últimas Notícias

Fala, Atleticano

Time voando baixo

Foi um “Passeio”, o time comandado por Eduardo Barros, deu aula… Os meninos Christian e Erick, comando meio de campo, Wellington o “maestro” regendo a…

Opinião

Libertadores, estamos aqui

Do alto da nossa sétima participação na Copa Libertadores da América, temos que reconhecer que já temos muita história para contar: da primeira participação, via…