12 ago 2003 - 22h42

Dagoberto coloca o Brasil na final do Pan

O atacante atleticano Dagoberto foi o responsável por levar a Seleção Brasileira a decidir o ouro no Pan-Americano de Santo Domingo. Ele marcou o único gol da partida contra o México aos 42 minutos do segundo tempo. A decisão vai ser contra a Argentina, na sexta-feira.

O Brasil teve que se superar para vencer os mexicanos. Com um futebol apático e pouco criativo, a equipe do técnico Valinhos ainda foi prejudicada pela arbitragem do canadense Silviu Petrescu, que anulou um gol legítimo de Gabriel (num cruzamento de Dagoberto) e expulsou injustamente o zagueiro Adaílton.

O atacante atleticano foi a principal figura do Brasil. Mesmo pressionado entre os zagueiros, Dagoberto conseguia se livrar da marcação e levava perigo ao gol do México. O problema era o isolamento do craque paranaense. O time brasileiro não conseguia seguir o ritmo de Dago.

Melhor para o México, que voltou para o segundo tempo disposto a conquistar a vaga para a final. E quase abriram o placar com Medina. Ele fez jogada pela ponta direita e cruzou rasteiro para Cacho, que escorou na rede pelo lado de fora, com o goleiro Fernando Henrique batido no lance.

Aos 21 minutos, o zagueiro Adaílton recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso, depois de ter se desentendido com um adversário. Com um homem a mais, o México passou a pressionar o Brasil. Aos 37 minutos, Medina chutou com violência da entrada da grande área e Coelho salvou de cabeça na linha da pequena área.

Quando era mais pressionado, o Brasil chegou ao gol, aos 42 minutos. Dagoberto, que havia sofrido entrada desleal três minutos antes, recebeu lançamento na área, deu um chapéu no goleiro e completou com a perna direita, sem deixar a bola cair no chão, mesmo sem ângulo. Após o gol, o atacante brasileiro caiu e não conseguiu voltar ao jogo. Dagoberto sentia tantas dores que teve de ser carregado para o vestiário.

O Brasil já conquistou seis medalhas de ouro em Pan-Americanos: em 52, 56, 63, 75, 79 e 87.

Informações do Terra Esportes e do site oficial da CBF



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

Insanidade

Louva-se o posicionamento do CAP em relação à atitude insana, egoísta e manipuladora do Flamengo, que chegou ao ponto de utilizar-se da peste alcançar seus…

Camisa preta edição especial.

Opinião

Viva a revolução!

Eu sou corneta. Confesso! Se o time vai mal, sou o primeiro a reclamar. Se o time vai bem, tem que melhorar. Se ganhou de…