O Fala, Atleticano é um canal de manifestação da torcida do Atlético. Os textos abaixo publicados foram escritos por torcedores rubro-negros e não representam necessariamente a opinião dos responsáveis pelo site. Os autores se responsabilizam pelos textos por eles assinados. Para colaborar com um texto, clique aqui e siga as instruções. Confira abaixo os textos dos torcedores rubro-negros:
20 ago 2003 - 5h39

Como seria bom

· Como seria bom se nossos programas esportivos fossem mais polêmicos, inovadores, independentes e menos recheados de boa noite, pacotes de café, perguntas de regras e propaganda política.

· Como seria bom se a maior torcida do Paraná (segundo o IBOPE, DATA FOLHA, PLACAR E LANCE), visse o seu Atlético dos Paranaenses na terceira Libertadores;

· Como seria bom se torcedores e cronistas parassem de mendigar da crônica do eixo Rio – São Paulo, notas de rodapé e elogios para nossos clubes.

· Como seria bom se alguém dissesse à CNT que os melhores momentos dos jogos, gravados ao nível do campo e atrás do gol, são horrorosos;

· Como seria bom se o Fernando Gomes parasse de falar de arbitragem, de Armando Marques, e principalmente do SUMIDO prefeito (se é que temos) de Curitiba;

. Como seria bom se o Paraná Banco, os Irmãos Mauad, etc., investissem pesado nas ações do “Coritiba S/A” como prova de confiança nos papéis;

· Como seria bom se o Sidnei Campos fosse menos agressivo nas suas transmissões;

· Como seria bom se o Boluca tivesse a “horta de boatos” reduzida e plantasse menos notícias;

· Como seria bom se o Eduvaldo Brasil não repetisse tantas vezes a frase “por que afinal de contas…”.

· Como seria bom se o Walmir Gomes não repetisse tanto a palavra , “olha,…” ou “qualidade extraordinária”.

· Como seria bom se o Walter Xavier (meses atrás) tivesse mandado o tal Gerson para aquele lugar quando foi repreendido “ao vivo e para todo o Brasil”

· Como seria bom se por aqui houvessem mais “Augustos Mafuz”;

· Como seria bom se nossos comentaristas, para não se comprometerem, mudassem o cômodo discurso: “esses assuntos são internos do clube e não nos interessam”. Não interessam ou amedrontam?

· Como seria bom se no mesmo time jogassem o Valmor, o Samir, o Petraglia, o Marcus Coelho, o Enio Fornéa, o Ademir Adur…

· Como seria bom se o Vinícius Coelho tirasse o luto pelo amante latino Alex, que atualmente ama o Cruzeiro, mas já amou o Flamengo, amou o Parma, amou o Palmeiras, amou o “coxa”, amou o Vinícius….

· Como seria bom se as torcidas adversárias fossem, apenas por um dia, tão grandiosas e vibrantes como a incomparável e fantástica Fanáticos;

· Como seria bom se todos refletissem e mudassem, ao invés de defenderem o corporativismo da mesmice rançosa.

· Como seria bom se todos me desmentissem.



Últimas Notícias