23 ago 2003 - 18h01

Furacão destrói a Fortaleza

Com a vitória de 3 a 1 sobre o Fortaleza, o Atlético se recupera da derrota para o Figueirense na última rodada e tenta embalar de vez no Campeonato Brasileiro.

Cerca de 7 mil pessoas na Arena da Baixada, o Furacão começou arrasador. Logo a um minuto de jogo, Fernando fez boa jogada pela esquerda e cruzou rasteiro na área. A bola passou por todos os atacantes do rubro-negro, menos por Luciano Santos, que marcou o gol de ‘carrinho’.

Após o gol, a equipe do Atlético passou a tocar a bola mais em seu campo de defesa, esperando o erro do adversário para partir nos contra-ataques. No entanto, a tática não deu certo. O Fortaleza marcava bem e chegava com perigo ao gol de Diego.

Por volta dos vinte minutos, Diego falhou no cruzamento e a bola caiu nos pés de Alyson. Na tentativa do chute, Diego se recuperou e fez bela defesa.

Depois da defesa, a torcida atleticana começou a gritar seu nome. Enquanto isso, os cearenses continuaram atacando e em outro cruzamento Diego tentou dar um soco na bola, mas ela acabou sobrando para Fernandão, que apenas tocou de cabeça para as redes rubro-negras.

O gol abalou a equipe atleticana, que passou a errar bastante nos passes e foi vaiada pelos torcedores. A última boa chance do Atlético no primeiro tempo foi numa cabeçada de Ilan, mas a bola apenas passou perto da trave adversária.

Na volta para o segundo tempo, o treinador Mário Sérgio mexeu no Atlético. Juliano e Alex Mineiro foram sacados para as entradas de Daniel e Ricardinho.

A exemplo do primeiro tempo, o Furacão começou arrasando os cearenses. Aos 6 minutos, Ivan cobrou falta no lado esquerdo do ataque e Daniel subiu sozinho para marcar o segundo gol do Atlético.

A equipe do Fortaleza ainda teve um jogador expulso. Alyson agrediu Fernando e levou cartão vermelho. Esperava-se que o Atlético fosse pressionar ainda mais os cearenses, mas o time voltou a tocar a bola sem objetivo.

O terceiro gol saiu apenas aos 38 minutos. Rodriguinho, que havia entrado no lugar de Ivan, cruzou da esquerda e Daniel marcou de cabeça seu segundo gol na partida.

Com a vitória, o Atlético sobe para os 36 pontos e está, momentaneamente, na 14ª posição. A próxima partida da equipe será no próximo domingo contra o Criciúma, em Santa Catarina.

Foto: Walter Alves / Paraná-Online

28ª Rodada – (23/08) – Atlético 3 x 1 Fortaleza – Baixada
A:
Luís Marcelo Vicentin Cansian (SP); CA: Ronaldo Angelim, Marcos Paulo, Sérgio e Rogério Corrêa; CV: Alyson; P: 7.575; R: R$ 64.807,00; G: Luciano Santos, aos 2 e Fernandão, aos 24 do 1°; Daniel, aos 6 e aos 38 do 2°.

ATLÉTICO: Diego; Luciano Santos, Rogério Corrêa, Igor, Juliano (Daniel) e Ivan (Rodriguinho); Douglas Silva, Fernando e Adriano; Alex Mineiro (Ricardinho) e Ilan. T: Mário Sérgio.

FORTALEZA: Jéfferson; Erandir, Fernandão e Ronaldo Angelim; Sérgio (Róbson), Dude (Messias), Dino, Alysson e Marcos Paulo; Finazzi e Vinícius. T: Márcio Araújo.



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

Insanidade

Louva-se o posicionamento do CAP em relação à atitude insana, egoísta e manipuladora do Flamengo, que chegou ao ponto de utilizar-se da peste alcançar seus…

Camisa preta edição especial.

Opinião

Viva a revolução!

Eu sou corneta. Confesso! Se o time vai mal, sou o primeiro a reclamar. Se o time vai bem, tem que melhorar. Se ganhou de…

Notícias

A evolução do Athletico

É inegável a evolução do rubro-negro. Desde a mudança no comando técnico, o Furacão vem evoluindo a cada jogo. Atualmente acumula quatro vitórias consecutivas. Além…