29 ago 2003 - 7h15

Resumo dos jornais desta sexta-feira

Última forma. Atlético pode não mudar de tática – A possibilidade de o técnico Mário Sérgio utilizar uma linha de quatro zagueiros no Atlético para enfrentar o Criciúma começa a esfriar com a frente fria que chegou a Curitiba. Após alardear a novidade (pelo menos por essas bandas) no início da semana, o treinador já pensa em manter o consagrado sistema 3-5-2 e, com ele, os alas. Tudo vai deverá ser testado no coletivo de hoje à tarde, mas o zagueiro Ígor deixou escapar que o principal objetivo do treinador é “enganar” o adversário através do posicionamento dos jogadores.
(Leia mais).

 

Atlético “à italiana” agrada Mário Sérgio – Com Ígor na direita, Rogério Corrêa na esquerda, Tiago e Daniel no miolo da zaga, o Rubro-Negro começa a se preparar para uma estratégia de poucos riscos para enfrentar domingo, às 18 horas, o Criciúma, no Estádio Heriberto Hülse. “Gostei da formação, mas primeiro preciso sentir a reação dos jogadores e ver se eles estão se adaptando com facilidade a essa forma de jogar”, analisou o treinador, que refuta o rótulo de alquimista.
(Leia mais).

 

Mário Sérgio recua e pode não escalar quatro zagueiros – O técnico Mário Sérgio recuou e já não dá mais como certa a escalação do Atlético-PR com quatro zagueiros na partida contra o Criciúma, no próximo domingo, no interior catarinense. Com isso, o Furacão pode adotar novamente o 3-5-2. Nesta quinta-feira pela manhã, no CT do Caju, Mário Sérgio orientou um treinamento tático com a presença dos zagueiros Igor, Tiago, Rogério Corrêa e Daniel. Mas a confirmação do esquema inovador só deve acontecer no coletivo desta sexta-feira.
(Leia mais).

 

Temos que nos colocar humildemente na situação de inferioridade – Mário Sérgio avisou que só definirá a escalação e o esquema tático minutos antes do jogo em Criciúma, no domingo às 18 horas. Ele explicou que pode usar um 4-4-2 sem laterais, com quatro zagueiros na defesa, ou um 3-5-2. “O fato de eu treinar (o sistema com quatro zagueiros) não quer dizer que eu vá jogar assim”, disse. Durante a semana, o técnico fez apenas treinamentos táticos com os jogadores.
(Leia mais).

 

Atlético define hoje o futuro do atacante Washington – O Departamento Médico do Atlético deve anunciar hoje o resultado dos exames feitos no atacante Washington. O jogador, que teve problemas de coração quando jogava na Turquia, fez alguns exames no início do ano e repetiu a bateria agora. Caso esteja tudo normal, o jogador será liberado para iniciar a preparação física, mas não poderá jogar no Brasileirão porque não foi inscrito. Caso os exames apontem que o jogador corre algum risco, ele deverá ser dispensado do Rubro-Negro com recomendação a não voltar a jogar futebol profissionalmente.
(Leia mais).

 

Atlético pode usar 4 zagueiros – O técnico Mário Sérgio está voltando no tempo. Quem assistir ao jogo entre Atlético e Criciúma, no próximo domingo, às 18 horas, no estádio Heriberto Hulse, em Criciúma, poderá relembrar duas ocasiões da passagem do treinador pelo Furacão em 2001. Na época, Mário Sérgio escalou quatro zagueiros na segunda e terceira rodadas do Campeonato Brasileiro. Na vitória diante do Cruzeiro, o quarteto foi formado pelos jogadores Nem, Gustavo, Rogério Corrêa e Erandir. Na partida seguinte, Erandir cedeu lugar ao companheiro Igor e o rubro-negro empatou com o São Caetano. Ambos os jogos foram fora de Curitiba.
(Leia mais).

 

Mário Sérgio ainda não confirmou os quatro zagueiros – A opção tática de quatro defensores pode voltar a figurar no Atlético. O comandante rubro-negro avalia a possibilidade de escalar quatro zagueiros em razão do forte jogo aéreo do adversário. A definição somente acontece após o trabalho coletivo. Na teoria, os jogadores já estão conhecendo o esquema. “O fato do time treinar no esquema com quatro zagueiros não significa que vá jogar lá atrás. Eu posso não gostar da movimentação e utilizar o 3-5-2. Caso eu opte pelo esquema com quatro zagueiros, o time ganha na defesa e com os contra ataques rápidos com Ilan e Alex Mineiro”, explicou Mário Sérgio.
(Leia mais).

 


Últimas Notícias

Opinião

E lá se vão 6 anos

O tempo passa. Completamos hoje 6 anos de Nikão no Athletico. Há exatos 6 anos recebíamos Maycon Vinicius Ferreira da Cruz, conhecido como Nikão. Quando…

Ao Sol e à Sombra

Caju

Dizem que onde o goleiro pisa, nunca mais cresce a grama. Mas no estádio Joaquim Américo, mesmo agora, com o gramado sintético, a grama é…

Fala, Atleticano

Pandemia x Pandético

Infelizmente em 2020 tivemos que conviver com esta pandemia, isolando jogadores e torcida, mas como reflexão sabemos que a cada dia que passa esta situação…

Fala, Atleticano

Planejamento

Alguns equívocos sucederam a saída de Thiago Nunes da equipe principal, razão pela qual da queda brutal no desempenho em campo, este recuperado parcialmente para…

Fala, Atleticano

O pior Atletiba que eu vi

Olha, foi “tenso” assistir o Clássico… Sóbrio , ver o jogo, nem pensar… Jesus, que “Show de Horrores” !!!! Uma equipe, tentando jogar apesar de…