10 set 2003 - 9h39

Resumo dos jornais desta quarta-feira

Dagoberto ainda não tem retorno garantido – “Quero ver se realmente o Dagoberto está totalmente recuperado. Não basta ele estar recuperado da contusão, o mais importante é ele estar com o condicionamento físico em dia. Com nome, não adianta, ele tem que jogar aquilo que ele pode jogar e nós sabemos que ele pode jogar”, aponta o treinador. (Leia mais).

 

Mário Sérgio perde o seu braço-direito – De acordo com o superintendente Alberto Maculan, não houve um grande motivo para tomar a drástica atitude. “Ele não se adaptou a nossa filosofia de trabalho. Veio para fazer um teste e saiu sem problema…”, justificou o dirigente. (Leia mais).

 

Daniel e Dagoberto podem desfalcar o Atlético-PR – Técnico Mário Sérgio diz que não acredita em jogador que não treina e diz que está apto. (Leia mais).

 

Demissão deixa clima turbulento no Atlético – O Atlético está enfrentando um conflito interno entre a comissão técnica e a diretoria. A primeira vítima do embate foi o auxiliar-técnico Eudes Pedro, funcionário de confiança do treinador Mário Sérgio. (Leia mais).

 

Ataque e defesa, as dúvidas de Mário Sérgio – Na defesa, Rogério Corrêa está suspenso pelo terceiro cartão amarelo e Daniel está se recuperando de uma contratura muscular. No ataque, Ilan e Dagoberto recuperam-se de contusão. Estes são os problemas do técnico Mário Sérgio, do Atlético. (Leia mais).

 

Atlético estréia dia 21 na Copa Sesquicentenário – A partir do próximo dia 21 de setembro, o Atlético Paranaense estará envolvido com a 4º competição na temporada 2003. Após disputar o Campeonato Paranaense, a Copa do Brasil e o decorrente Campeonato Brasileiro, o Furacão estréia diante do Rio Branco, em Paranaguá, na Copa Sesquicentenário. (Leia mais).

 

Eudes Pedro não é mais auxiliar de Mário Sérgio – O técnico atleticano também não quis fazer maiores comentários a respeito desse desligamento do seu auxiliar. “Esse tipo de assunto deve ser tratado apenas com a diretoria. Se vocês quiserem falar sobre a postura tática do meu time, tudo bem. Sobre as decisões que vêm lá de cima, não posso falar nada”. (Leia mais).

 


Últimas Notícias

Ao Sol e à Sombra

Erechim

A quase 400km de distância de Porto Alegre é onde reside a palavra “se”. Chegou por lá em 2004, vinda de qualquer outro canto do…

Fala, Atleticano

Freguês sempre volta…

O jogo de ontem na Baixada merecia torcida. Se não fosse a Pandemia, seguramente teríamos 30 mil pessoas na Arena. O Athetico jogou bem, principalmente…

Fala, Atleticano

O que será amanhã?

Vendo que o Athletico aguarda só o final do Campeonato Brasileiro.. Apesar de ter jogos ainda por realizar, a postura do time nas partidas, diz…