13 set 2003 - 19h26

Árbitro permaneceu em campo no intervalo

O árbitro Romildo Corrêa optou por não retornar ao vestiário no intervalo do jogo deste sábado, entre Atlético e Cruzeiro. Como havia sido criticado pela torcida durante toda a primeira etapa, Corrêa preferiu permanecer em campo temendo alguma represália caso tentasse retornar ao vestiário.

Assim, os assistentes tiveram de acompanhar a decisão do árbitro principal e também ficaram no centro do gramado durante os 15 minutos de intervalo. Mesmo em campo, Romildo Corrêa se recusou a dar entrevistas para a imprensa.

Segundo Alberto Maculan, superintendente do Atlético, essa atitude do árbitro serviu para provocar ainda mais a raiva da torcida, irritada com os dois pênaltis e a expulsão de Tiago.



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

Próximo treinador

Apenas para manifestar minha preocupação com relação à notícia publicada no decorrer da semana dando conta de possível interesse do Athletico na contratação de Roger…