26 set 2003 - 8h41

Adriano se recusa a ficar no banco

O meio-campista Adriano declarou ontem, no CT do Caju, que não aceitará a condição de reserva do Atlético. Ele afirmou que quer jogar contra o Flamengo. Caso contrário, prefere ser cortado inclusive do banco.

“Quero jogar. Eu, ficar no banco, eu não fico”, disse ele. A declaração está reproduzida nas edições de hoje da Gazeta do Povo, da Tribuna do Paraná e do Jornal do Estado.

Adriano também contestou a versão de que haveria forçado o terceiro amarelo contra o Cruzeiro para poder viajar para Maceió, sua terra natal.

“Os caras estão fazendo confusão. Não aconteceu nada. Perguntem ao treinador. Foi ele que me tirou. Tinha dores, mas dava para jogar e ele não deixou. Para ele, quem fica no departamento médico não joga. Está mais que certo. Só que eu vim treinar, fiz o tratamento, fiz meu papel como sempre faço. Tenho contrato com o clube, vim treinar e falaram outras coisas”, afirmou.



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

O que será amanhã?

Vendo que o Athletico aguarda só o final do Campeonato Brasileiro.. Apesar de ter jogos ainda por realizar, a postura do time nas partidas, diz…

Fala, Atleticano

Acarajé pesado

Fomos para a Bahia, desfalcados enfrentar o time desesperado do Bahia, precisando ganhar para sair um pouco da “fila da Zona”… Fomos com LE improvisado,…