1 out 2003 - 9h37

Atlético “cowboy” pega o Monterrey

O Atlético jogará hoje pela primeira vez em sua história uma partida em solo norte-americano. O adversário será o Monterrey, atual campeão mexicano e treinado pelo argentino Daniel Passarella. A partida faz parte de uma estratégia do clube de conquistar novos mercados. Esse será o primeiro passo para tornar o Atlético uma referência em futebol brasileiro nos Estados Unidos.

O amistoso foi organizado pela “State Fair of Texas”, uma tradicional feira de Dallas, que reúne atrações nas mais diversas áreas. A direção da Dallas Cup, competição para jogadores de categorias de base, também está auxiliando na logística do evento.

“Estamos muito ansisos para esse jogo. Não temos uma partida de futebol neste nível em Dallas desde a Copa do Mundo de 1994”, afirmou Elon Werner, porta-voz do evento. Em 9 de julho de 1994, o Brasil enfrentou a Holanda no Cotton Bowl, mesmo estádio que será palco do amistoso desta quarta-feira.

A delegação rubro-negra desembarcou ontem nos Estados Unidos e aproveitou para passear em Dallas. Os jogadores foram acompanhados de um intérprete e ainda se valeram do americano Michael Banner, jogador de 18 anos que está integrando o elenco de Juniores do Atlético.

Adriano, por exemplo, fez questão de experimentar o “corny dog”, um tradicional cachorro quente do Texas. Neste ano, a “State Fair” organizará até um concurso, oferencendo prêmios para quem conseguir comer a maior quantidade do sanduíche.

O meia atleticano jura que gostou do “corny dog”. “Eu gostei. Nós não temos ese tipo de coisa no Brasil. Temos salsicha, mas não assim”, disse ele aos jornalistas americanos que acompanharam a delegação do Atlético no passeio por Dallas.

Os organizadores do evento trataram muito bem todos os atleticanos. Os jogadores receberam chapéus de cowboy (alguns brancos, outros pretos) como lembrança do Texas, um estado conhecido no mundo todo pelos filmes de faroeste. Um dos mais empolgados foi o zagueiro Daniel, que se revelou um grande fã de John Wayne.

Além disso, todos foram convidados a dar um passeio no “Texas Star”, um gigantesco ferry-boat. Foi nesse passeio que os jogadores puderam ver pela primeira vez o Cotton Bowl, estádio onde será jogada a partida de hoje. Também durante o passeio, eles aproveitaram para participar de alguns jogos e brincadeiras.

O mais sortudo foi o volante Alan Bahia, que ganhou um prêmio depois de atirar uma argola e conseguir acertá-la em um alvo de madeira. O feito foi comemorado pelos companheiros e Alan recebeu um ursinho de pelúcia, o qual já tem destino certo: sua namorada.

Tanto Alan Bahia quanto Daniel serão titulares, mas todos os jogadores da delegação participarão do amistoso, conforme instrução do técnico Mário Sérgio, que permaneceu em Curitiba.

O preparador físico Flávio de Oliveira mandará a campo a seguinte formação: Diego; Alessandro, Daniel, Alan Bahia, Juliano e Fabrício; Douglas Silva, Carlos Alberto e Fernandinho; Ilan e Dagoberto.



Últimas Notícias

Torcida

Colecionadores da nossa paixão

Para alguns torcedores atleticanos, não basta apenas vestir a camisa por amor. É preciso guardar algumas, centenas delas num acervo particular, em coleções prá lá…

Torcida

As histórias por trás dos acervos

Cada colecionador é, de certa forma, guardião de um pedaço da história do clube. E cada coleção também acaba criando sua própria história. Nenhuma nasce,…