5 out 2003 - 18h24

Acredite: domingo foi dia de Atletiba!

Atlético e Coritiba empataram neste domingo por 1 a 1 em jogo realizado no estádio Couto Pereira. A partida foi válida pela terceira rodada da Copa Sesquicentenário. Na primeira, o Atlético goleou o Rio Branco por 3 a 0, em Paranaguá. Na segunda, o clube folgou.

Foi um Atletiba diferente, ao contrário do que as torcidas dos dois clubes estão acostumadas a ver. Menos de 600 pessoas se dispuseram a ir ao Couto Pereira para acompanhar o clássico – o público pagante foi de 539 torcedores.

A torcida do Atlético foi representada por componentes da Ultras, por atleticanos que gostam de ver todos os jogos do time e por amigos dos atletas (clique aqui para ler reportagem sobre a torcida atleticana no Atletiba).

O jogo foi monótono e as duas equipes tiveram dificuldades para criar boas chances de gol. Logo aos 4 minutos, o meia Djames cobrou escanteio e acertou o travessão do gol defendido por Tiago Cardoso. No minuto seguinte, os zagueiro Nivaldo, do Coritiba e Márcio, do Atlético chocaram-se na área atleticana.

Ambos foram atendidos fora do gramado. Nivaldo voltou para o jogo com uma proteção na cabeça, mas Márcio não teve a mesma sorte. Ele foi substituído por Bruno Lança e recebeu seis pontos no vestiário.

Aos 13 minutos, o volante Allan Franco tentou cortar uma bola na entrada da área atleticana, mas ergueu demais o pé. O árbitro Mauricio Batista dos Santos marcou jogo perigoso e anotou falta dentro da área do Atlético a favor do Coritiba. Na cobrança em dois lances, Juninho chutou rasteiro, no meio da barreira, e marcou o primeiro gol da partida.

O gol de empate do Atlético veio aos 29 minutos. David cobrou escanteio da esquerda e o volante Izaías subiu livre no primeiro pau para cabecear no canto contrário do goleiro Júnior, marcando para o rubro-negro.

A etapa final foi menos movimentada. O Atlético teve outra chance de marcar em um lance parecido: em novo escanteio cobrado por David, Izaías recebeu na área e chutou cruzado, mas a bola foi interceptada pela zaga coxa-branca. O Coritiba teve duas chances aos 14 e aos 18 minutos. Primeiro, Nivaldo cabeceou firme no centro do gol. Depois, Maurinho chutou cruzado. Tiago Cardoso fez duas ótimas defesas.

A melhor chance do Atlético surgiu em um outro escanteio: Bruno Lança subiu sozinho na risca da pequena área, mas cabeceou para fora, por cima da trave. A última jogada perigosa aconteceu aos 43 minutos, quando o lateral Janiro cortou a jogada para o centro do campo e chutou de fora da área para boa defesa do goleiro do Coritiba.

Copa Sesquicentenário – (05/10) – Coritiba 1 x 1 Atlético – Couto Pereira
A: Mauricio Batista dos Santos (PR); CA: Allan Franco, Bruno Lança, Leandro e Fabrício; P: 539; R: R$ 1.850,00; G: Juninho, aos 13 e Izaías, aos 29 do 1°.

CORITIBA: Júnior; Maurinho, Juninho, Fabrício, Nivaldo e Leandro; Gilmar, Pepo e Djames; Marlon (André) e Marco Brito (Malzoni). T: Hércules Venzon.

ATLÉTICO: Tiago Cardoso; David, Alessandro Lopes, Marcio Alemão (Bruno Lança) e Janiro; Allan Franco, Izaías, Douglas Silva (Evandro) e Marcelo; Lê e Dinei. T: Julio Toledo Piza.



Últimas Notícias

Opinião

Libertadores, estamos aqui

Do alto da nossa sétima participação na Copa Libertadores da América, temos que reconhecer que já temos muita história para contar: da primeira participação, via…