10 out 2003 - 12h00

Pelo menos o Atletiba

Atlético e Coritiba entrarão em campo neste sábado para mais um clássico Atletiba, o mais tradicional do estado. Desta vez, estará em jogo principalmente a honra da torcida atleticana, uma vez que a equipe não tem mais qualquer aspiração no Campeonato Brasileiro.

O único objetivo do time dirigido por Mário Sérgio é escapar da zona de rebaixamento. Assim, uma vitória diante do Coritiba seria muito importante, já que há quatro clubes “embolados” à frente do Atlético, todos com apenas três pontos a mais (Vitória, Goiás, Figueirense e Vasco).

Para o jogo deste sábado, Mário Sérgio não poderá contar com três atletas, um em cada setor do campo: o zagueiro Tiago, o volante Douglas Silva e o atacante Alex Mineiro. Os dois primeiros estão suspensos, enquanto que Alex continua sentindo fortes dores no músculo adutor e foi novamente vetado pelo departamento médico.

A escalação da equipe para o confronto contra o Coxa ainda é um mistério. O time pode começar no 3-5-2, opção na qual Daniel ganharia uma vaga de titular ou manter o 4-4-2 usado contra a Ponte Preta, no qual Fernandinho tem boas chances de novamente iniciar uma partida.

Quem está confirmado é o atacante Dagoberto, que fará dupla de ataque com Ilan. Ele teve participação direta nos últimos cinco gols marcados pelo Atlético no Brasileirão e vem se firmando como o principal destaque individual do Furacão neste campeonato. A torcida deposita boa parte de suas esperanças no jovem atacante.

Coritiba

O técnico Paulo Bonamigo também não confirmou a escalação do Coritiba para o jogo de amanhã. O atacante Edu Sales, que cumpriu suspensão diante do Goiás, pode voltar ao time. Além dele, o treinador ainda tem dúvidas se Alexandre Fávaro, autor do gol da vítoria contra o time goiano, começará jogando.

Outra posição indefinida é a zaga. O veterano Edinho Baiano, campeão paranaense pelo Atlético em 1998, disputa posição com o volante Willians.

Estatísticas

O jogo de amanhã será o oitavo Atletiba da história da Arena da Baixada. Até aqui, cada time venceu três jogos e houve um empate. Ao lado do Internacional, o Coritiba é o time que mais venceu o Atlético em seu estádio, computando os jogos desde 1999.

Em 2003, o Atlético realizou 26 partidas em casa, com 16 vitórias, 3 empates e 7 derrotas. Marcou 52 gols e sofreu 28. Clique aqui para conferir mais estatísticas sobre a Baixada.

36ª Rodada – (11/10) – Atlético x Coritiba – Baixada
A: Evandro Rogério Roman (PR); H: 16h00; T: Rádio CBN (90.1 FM).

ATLÉTICO: Diego; Alessandro, Igor, Rogério Corrêa, Daniel (Fernandinho ou Jadson) e Ivan; Alan Bahia, Luciano Santos e Adriano; Ilan e Dagoberto. T: Mário Sérgio.

CORITIBA: Fernando; Ceará, Odvan, Reginaldo Nascimento e Adriano; Willians (Edinho Baiano), Roberto Brum, Jackson e Alexandre Fávaro (Edu Sales); Lima e Marcel. T: Paulo Bonamigo.



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

Insanidade

Louva-se o posicionamento do CAP em relação à atitude insana, egoísta e manipuladora do Flamengo, que chegou ao ponto de utilizar-se da peste alcançar seus…

Camisa preta edição especial.

Opinião

Viva a revolução!

Eu sou corneta. Confesso! Se o time vai mal, sou o primeiro a reclamar. Se o time vai bem, tem que melhorar. Se ganhou de…