28 out 2003 - 8h07

Reclusão no Umbará

A comissão técnica do Atlético trancou as portas! Ninguém entra, ninguém sai. A ordem no CT do Caju é a de concentração total antes da partida de sábado, contra o São Caetano. Todo o elenco se reapresentou nesta manhã e só volta para casa depois de encarar o time paulista.

De acordo com o técnico Mário Sérgio, o jogo contra o time do ABC será muito difícil: “Vai ser terrível, porque eu conheço bem (Mário treinou o São Caetano neste Campeonato Brasileiro). Não digo que fui eu quem criou o monstro, mas é um monstro muito feio, então nós devemos ter humildade”, afirmou ao Paraná-online, parceiro da Furacao.com.

Se vencer a partida, o rubro-negro afasta, definitivamente, o risco de rebaixamento. O clube tem sete pontos de vantagem para o penúltimo colocado e a vitória, além de tranqüilidade ao elenco, poderia servir de arranque para uma possível vaga na Copa Sulamericana.

Três em um

O meio-campista Adriano recebeu o terceiro cartão amarelo no jogo contra o Corinthians e desfalcará o Atlético na partida diante do São Caetano, no próximo sábado, na Arena da Baixada. Por isso, o técnico Mário Sérgio terá de escolher outro jogador para vestir a camisa 8.

Desde logo, três candidatos estão na luta pela posição: os meias Fernandinho (foto), Jadson e Fabrício. O primeiro é o mais cotado, uma vez que vinha sendo titular nos últimos jogos e foi sacado apenas na última partida. Mesmo assim, entrou no segundo tempo e teve um bom desempenho.

Já o meia Jadson leva vantagem pelo fato de atuar na mesma função de Adriano, fato que já foi ressaltado pelo técnico Mário Sérgio em outras oportunidades. Contra ele, porém, pesa o fato de estar se recuperando de uma lesão.

Finalmente, há ainda Fabrício, jogador que fez suas últimas aparições na equipe como lateral-esquerdo. Ele entrou bem contra o Corinthians e pode ganhar nova chance.

Vote na pesquisa da Furacao.com e escolha seu favorito para ocupar a vaga de Adriano.



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

Insanidade

Louva-se o posicionamento do CAP em relação à atitude insana, egoísta e manipuladora do Flamengo, que chegou ao ponto de utilizar-se da peste alcançar seus…

Camisa preta edição especial.

Opinião

Viva a revolução!

Eu sou corneta. Confesso! Se o time vai mal, sou o primeiro a reclamar. Se o time vai bem, tem que melhorar. Se ganhou de…

Notícias

A evolução do Athletico

É inegável a evolução do rubro-negro. Desde a mudança no comando técnico, o Furacão vem evoluindo a cada jogo. Atualmente acumula quatro vitórias consecutivas. Além…