O Fala, Atleticano é um canal de manifestação da torcida do Atlético. Os textos abaixo publicados foram escritos por torcedores rubro-negros e não representam necessariamente a opinião dos responsáveis pelo site. Os autores se responsabilizam pelos textos por eles assinados. Para colaborar com um texto, clique aqui e siga as instruções. Confira abaixo os textos dos torcedores rubro-negros:
29 nov 2003 - 20h28

Elenco

Muitos apontam a pouca qualidade técnica do elenco como o fator responsável pela péssima campanha do Atlético no Campeonato Brasileiro. Pois bem, vejamos, por exemplo, a escalação do time que enfrentou o Fluminense na semana passa. Dos 10 jogadores da linha a metade, ou seja, cinco deles formaram o time titular que disputou primeira partida da final do Campeonato Brasileiro de 2001 contra o São Caetano. Para quem não lembra, são eles: Alessandro, Rogério Correia, Adriano, Ilan e Alex Mineiro. Sem contar o zagueiro Igor que entrou no segundo tempo da final de 2001.

Além disso, temos três jovens talentos no elenco atual: Jadson, Fernandinho e Dagoberto (este último, o melhor jogador do Atlético atualmente, na minha opinião). Agora pergunto: podemos dizer que esse time é medíocre? Com certeza não! No meu modo de ver o que falta ao Atlético é organização em campo e padrão de jogo. Todo o problema vem desde o começo do ano quando a diretoria inventou o técnico Heriberto da Cunha. Todos sabiam que ele não duraria até o inicio do campeonato Brasileiro. Já no final do Campeonato Paranaense assumia o técnico Vadão e junto o sentimento de que tínhamos perdido três meses de preparação com um técnico que não deu em nada. Infelizmente, o bom e velho Vadão não conseguiu dar ao time a sua cara, com fizera outrora. Ficou mais preocupado em fazer experiências e não conseguiu definir uma equipe titular.

Então Mario Sérgio assume o comando da equipe. Para mim, soara como uma ótima contratação, técnico estrategista, sabe armar time e fazer esquema de jogo. Infelizmente não é isso que vem fazendo. Não repete a escalação duas partidas seguidas, inventa o time com 5 zagueiros, hora joga com três atacantes hora com dois, hora joga sem laterais, hora joga sem meia atacante. Enfim, o time continua sem jogadas ensaiadas, organizadas e objetivas, ou seja, sem padrão de jogo. O Atlético joga como um time de pelada na pracinha, são 11 pra cada lado, escolhidos na hora, e as jogadas aparecem ocasionalmente.

Diversos clubes com elenco muito pior fazem campanhas melhores do que a nossa. Um grande exemplo é o Coritiba que tem um elenco recheado de refugo de outros times. A grande diferença é que eles têm o mesmo técnico a mais de um ano e tem um estilo de jogo definido.



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

General é General…

Estamos em franca recuperação no Campeonato Brasileiro, jogando um futebol melhor, criando oportunidades, mas perdendo gols e deixando de tomar gols, em um momento, importantissímo……