6 dez 2003 - 6h57

Atlético se despede da torcida em 2003

Atlético e Vasco se enfrentam no final da tarde deste sábado (18 horas) na Arena da Baixada, pela penúltima rodada do Campeonato Brasileiro 2003. Esse será o último jogo do rubro-negro em casa nesta temporada. Depois, a equipe fechará o ano jogando contra o Paysandu, em Belém do Pará.

O jogo de hoje também será um dos poucos nos quais o Atlético terá exatamente a mesma escalação que começara jogando a partida imediatamente anterior. O técnico Mário Sérgio aprovou totalmente o esquema 3-6-1, com um meio-campo reforçado e apenas Alex Mineiro no ataque. Desse modo, o veloz Ricardinho ficará novamente no banco de reservas, ao lado de Jadson. Os dois são cotados para entrarem no segundo tempo.

Na defesa, o time terá o trio formado pelo experiente Rogério Corrêa e pelos novatos Daniel e Alessandro Lopes. O último fez sua estréia contra o Bahia e jogou bem também contra o Guarani. Mário Sérgio aposta nele como uma das próximas revelações do Furacão, que tem tradição em formar bons valores no ataque e no meio-campo, mas que recentemente não revelou nenhum grande talento no sistema defensivo.

O meio-campo terá Alan Bahia e Luciano Santos na marcação e Adriano e Fabrício na armação. Alan Bahia deverá marcar individualmente Edmundo, a principal arma vascaína. Já Fabrício é a esperança da torcida nas cobranças de falta.

Vasco

O time do técnico Mauro Galvão terá dois desfalques já confirmados: o lateral-direito Claudemir, suspenso e o meia Beto, machucado. Assim, começarão jogando o lateral Alex Silva e o volante Ygor. No gol, o bom Fábio é dúvida e pode ser vetado, o que acarretará a entrada do reserva Márcio.

Os atacantes Edmundo e Valdir são os nomes mais famosos da equipe, mas o principal jogador cruzmaltino nas últimas partidas vem sendo o jovem meio-campista Morais, responsável por toda a armação de jogadas.

45ª Rodada – (06/12) – Atlético x Vasco – Baixada
A: Paulo César de Oliveira (SP); H: 18h00; T: Rádio CBN (90.1 FM) e Premiere Esportes (Net).

ATLÉTICO: Diego; Alessandro, Alessandro Lopes, Rogério Corrêa, Daniel e Izaías; Alan Bahia, Luciano Santos, Adriano e Fabrício; Alex Mineiro. T: Mário Sérgio.

VASCO: Fábio (Márcio); Alex Silva, Wescley, Henrique e Victor Boleta; Da Silva, Ygor, Rodrigo Souto e Morais; Valdir e Edmundo. T: Mauro Galvão.



Últimas Notícias

Opinião

Libertadores, estamos aqui

Do alto da nossa sétima participação na Copa Libertadores da América, temos que reconhecer que já temos muita história para contar: da primeira participação, via…