26 dez 2003 - 11h33

Janeiro – Fevereiro – Março

JANEIRO

No segundo dia do ano, o Clube Atlético Paranaense apresentou oficialmente o treinador Heriberto da Cunha. Não muito conhecido no cenário nacional, o comando do time atleticano foi o primeiro grande desafio em sua carreira. Embora o contrato fosse de um ano, sua permanência no clube durou pouco mais de um mês.


Contratação de Heriberto: o maior erro da diretoria, segundo a torcida, em 2003

O meia pentacampeão Kleberson começou o ano agitado. Não se apresentou ao elenco na data marcada, fazendo reascender os boatos de que deixaria o clube, fato que apenas se consumou em julho, quando se transferiu para o Manchester United.

Na primeira quinzena do ano, o Atlético realizou duas partidas. Dia 15, fez um amistoso na Baixada com o Joinville, perdendo por 1 a 0. O jogo serviu para preparar as equipes que posteriormente estrearam nos campeonatos estaduais. Na mesma semana o Atlético enfrentou o Iraty, vencendo por 5 a 1.

Na primeira rodada do Campeonato Paranaense, o Furacão goleou o União Bandeirante por 4 a 1. Já na partida seguinte, o Atlético não saiu do empate diante do Malutrom. Foi nesta partida que o meia Rodriguinho foi afastado da equipe, a pedido do técnico Heriberto da Cunha. O motivo do afastamento foi em razão da atitude do jogador que tirou a camisa, ainda no gramado, em protesto a substituição que seria efetivada e acabou sendo expulso. Dias depois, ele foi reintegrado ao elenco.

Em janeiro ainda houve o Sul-Americano Sub-20, no Uruguai. O Brasil ficou com o vice-campeonato e teve os jogadores atleticanos Jean e Dagoberto no elenco, sendo os destaques do time.

Campanha em janeiro:

Data
Horário
Equipe
Placar
Equipe
Estádio
Campeonato
29.01
20h15
Atlético
Malutrom
Couto Pereira
Paranaense
25.01
16h
Atlético
U. Bandeirante
Baixada
Paranaense
18.01
16h
Atlético
Iraty
Baixada
Amistoso
15.01
16h
Atlético
Joinville
Baixada
Amistoso


FEVEREIRO

O Atlético não começou o mês bem. Perdeu para o Francisco Beltrão, pelo placar de 2 a 0. Um time desarticulado, desentrosado e com graves deficiências técnicas fazendo com que o tabu em nunca ter perdido para o adversário se concretizasse.

Na semana seguinte, o Furacão conseguiu uma vitória sofrida sobre o Rio Branco, por 2 a 1, na Arena da Baixada, com um gol do atacante Dagoberto, no último minuto. E veio o sempre agitado Atletiba. O Coritiba venceu por 2 a 1, no estádio Couto Pereira.

Os problemas estavam apenas começando: jogadores contundidos, outros cumprindo suspensão ou atletas convocados para vestir a camisa da Seleção Brasileira. No dia 12, mais um vexame para a torcida rubro negra: o time perdeu por 3 a 2 para o Grêmio Maringá, mesmo após estar vencendo por 2 a 0, com gols do atacante Ilan. E para traumatizar ainda mais a torcida, nos acréscimos do segundo tempo o atacante Dagoberto desperdiçou uma cobrança de pênalti. Foi a primeira vez que uma equipe do interior do Paraná venceu na Arena da Baixada.

No dia seguinte, a diretoria do Atlético não perdoou. Resultado: Heriberto da Cunha foi demitido. A má campanha do rubro-negro no Campeonato Paranaense foi o motivo alegado pela diretoria. Nos seis jogos disputados pelo Furacão no Estadual, o Atlético contabilizou três derrotas, duas vitórias e um empate.


Vadão chegou ao Atlético com esperanças de levar o time às finais do Paranaense

No mesmo dia foi anunciado um velho conhecido nas terras atleticanas: Oswaldo Alvarez. Na mesma semana o Atlético estreou na Copa do Brasil, com um empate por 2 a 2 contra a Tuna Luso, marcando a reestréia de Vadão no comando do time. Dia 26, a equipe foi eliminada do Campeonato Paranaense, após empatar por 0 a 0 com o Londrina. Foi o fim do sonho do inédito tetracampeonato estadual.

Campanha em fevereiro:

Data
Horário
Equipe
Placar
Equipe
Estádio
Campeonato
26.02
20h30
Londrina
Atlético
VGD
Paranaense
23.02
16h
Atlético
Roma
Baixada
Paranaense
19.02
20h30
Tuna Luso
Atlético
Mangueirão
Copa do BR
15.02
16h
Portuguesa L.
Atlético
VGD
Paranaense
12.02
20h30
Atlético
G. Maringá
Baixada
Paranaense
08.02
16h
Coritiba
Atlético
Couto Pereira
Paranaense
05.02
20h30
Atlético
Rio Branco
Baixada
Paranaense
02.02
16h
Fco. Beltrão
Atlético
Anilado
Paranaense

MARÇO

Depois de ser eliminado do Paranaense, o Atlético passou a se concentrar apenas na Copa do Brasil. Apesar de ter sido o único representante do Paraná a se classificar para a segunda fase do torneio, o rubro-negro não teve forças para superar o Sport, perdendo o jogo de ida, na Arena, por 3 a 2, e o da volta, na Ilha do Retiro, por 1 a 0, no dia do aniversário de 79 anos do clube.


Atlético sucumbiu frente ao Sport Recife e caiu prematuramente na Copa do Brasil

Três dias após ser eliminado da Copa do Brasil, o Atlético já estreava no Campeonato Brasileiro, no qual mais de 30% dos atleticanos achavam que o time seria rebaixado. No entanto, na primeira partida o rubro-negro venceu o Grêmio, por 2 a 0. No final da primeira rodada, o Atlético chegou a liderar a competição.

Campanha em Março:

Data
Horário
Equipe
Placar
Equipe
Estádio
Campeonato
29.03
18h
Atlético
Grêmio
Baixada
Brasileiro
26.03
21h40
Sport
Atlético
Ilha do Retiro
Copa do BR
19.03
21h40
Atlético
Sport
Baixada
Copa do BR
12.03
20h30
Atlético
Tuna Luso
Baixada
Copa do BR

Texto: Monique Liane da Silva e Patrícia Bahr, do conteúdo da Furacao.com



Últimas Notícias

Torcida

Colecionadores da nossa paixão

Para alguns torcedores atleticanos, não basta apenas vestir a camisa por amor. É preciso guardar algumas, centenas delas num acervo particular, em coleções prá lá…

Torcida

As histórias por trás dos acervos

Cada colecionador é, de certa forma, guardião de um pedaço da história do clube. E cada coleção também acaba criando sua própria história. Nenhuma nasce,…