29 fev 2004 - 10h40

Mário Sérgio explica como armará o ataque

Sem poder contar com Ilan, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, o técnico Mário Sérgio será obrigado a mudar o ataque atleticano. O mais cotado para assumir a posição de titular é o veloz Renna, que possui características diferentes das do titular. O treinador sabe que o Atlético será diferente, mas já pensou na maneira de armar sua equipe.

Confira a rápida entrevista que o técnico concedeu à Furacao.com:

Furacao.com: Com a saída do Ilan, você será obrigado a colocar em campo um jogador com características distintas. Não preocupa você o fato de ser obrigado a alterar a estrutura tática ofensiva?
Mário Sérgio: Preocupa porque o Ilan vinha jogando muito bem. Era um jogador que além de criar jogadas na frente, vinha atrás, ajudava na armação da equipe. Já o Renna é um jogador mais de velocidade, de jogar enfiado. Mas a gente vai pedir ao Renna que dê uma ajudazinha quando nós tivermos a bola, para que ele venha marcar um volante e proteger o setor do meio-campo.

Furacao.com: O Nilson Borges assistiu ao jogo do Roma contra o Malutrom e disse que a equipe joga com três zagueiros. Esse sistema não pode dificultar o ataque atleticano?
Mário Sérgio: Depende. Se eles jogarem atrás, sim. Mas se eles vierem para cima da gente, vão ter de se abrir e ficarão com os três zagueiros. Se a gente abrir o Renna em um dos lados, eles ficarão com os três zagueiros muito abertos, permitindo a penetração dos nossos homens de meio-campo. Eu não acretido que eles façam isso, mas se fizerem está ótimo.



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

General é General…

Estamos em franca recuperação no Campeonato Brasileiro, jogando um futebol melhor, criando oportunidades, mas perdendo gols e deixando de tomar gols, em um momento, importantissímo……

Opinião

Pés no chão

                É impossível não ficar empolgado com o time novamente após o jogo de ontem. Com três vitórias seguidas, o 2×0 contra o Galo em…