1 mar 2004 - 21h45

Onde está você, ídolo?

Que Alfredo Gottardi, o Caju, foi o maior goleiro da história do Atlético não há dúvida. E quem seguiu os seus passos dentro do rubro-negro foi Laio, a “Fortaleza Voadora”. Dono de reflexos apurados e de defesas maravilhosas, levou o apelido até o fim da carreira, em 1951, jogando pelo clube da Baixada. Hoje não sabemos como Laio está e onde mora. A última informação que tivemos foi a de que ele morou por pouco tempo no litoral paranaense, em Matinhos.

Assim como Laio outras personagens da nossa história foram esquecidas pelo grande massa. Até mesmo Alfredo Gottardi Jr, considerado um dos melhores zagueiros do Atlético e filho de Caju, é pouco requisitado pela imprensa. Alfredo foi um dos heróis na conquista do paranaense de 1970. No mesmo ano o Atlético contou com Júlio, o Campeão da Raça. Sua paixão pelo clube era tão grande que ele chegou a doar o próprio passe ao rubro-negro.

Em 1985 o Furacão teve no elenco um craque que fez a diferença na conquista do título em cima do Londrina. Renato Sá foi um dos heróis do último título na antiga Baixada. Na vitória de 3 x 0 sobre o Tubarão, Sá teve uma atuação bastante destacada pelos jornais e rádios. Por onde andaria hoje o nosso ídolo?

Se você sabe por onde anda os nossos craques do passado, entre em contato com a gente. A Furacao.com vai preparar uma surpresa especial àqueles que tanto suaram com o nosso manto sagrado.

Teremos grande prazer em receber informações de outros jogadores não relacionados no texto acima. Se você tiver o contato telefônico com os craques, envie-nos.



Últimas Notícias

Libertadores

É bom rever você, Walter!

Foram necessários apenas oito minutos em campo contra o Jorge Wilstermann e um único chute a gol para uma história ser coroada com choro, abraços…