9 abr 2004 - 10h22

2002: título creditado, com erros, a Geninho

Em menos de 15 dias dois importantes meios de comunicação creditaram o título do Supercampeonato Paranaense de 2002 ao técnico Geninho. Quem errou primeiro foi o Globo Esporte, edição nacional. O próprio Geninho afirmou que teria sido campeão em cima do Paraná Clube. Hoje foi a vez da Gazeta do Povo noticiar que Geninho, nascido em Ribeirão Preto, conquistou o título naquela oportunidade. A verdade é que o técnico naquela oportunidade foi Riva de Carli.

Geninho foi demitido no dia 21 de maio e o então preparador físico Riva foi convidado pela diretoria atleticana a assumir o comando do rubro-negro.

Campanha

O Atlético jogou apenas seis partidas para conquistar o Paranaense 2002. O primeiro jogo foi contra o Grêmio Maringá e o Furacão venceu por 4 a 0. Na segunda rodada, a derrota para o Coritiba por 1 a 0 fez com que Geninho fosse demitido.

Nas últimas quatro rodadas o rubro-negro foi dirigido por Riva de Carli. O time venceu o Prudentópolis por 3 a 0, empatou com o Iraty em 0 a 0, goleou o Paraná por 6 a 1 na primeira partida da final e foi derrotado por 4 a 1 no último jogo. Mesmo com o resultado, o Furacão deu a volta olímpica na Vila Capanema.



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

General é General…

Estamos em franca recuperação no Campeonato Brasileiro, jogando um futebol melhor, criando oportunidades, mas perdendo gols e deixando de tomar gols, em um momento, importantissímo……