13 abr 2004 - 11h41

Meu Atletiba inesquecível: Dagoberto e Lopes

A Furacao.com inicia nesta terça-feira a série “Meu Atletiba inesquecível”, trazendo o relato de atleticanos sobre suas lembranças de clássicos passados. Trata-se de uma iniciativa que visa a motivar a torcida para o clássico do próximo domingo, que decidirá o Campeonato Paranaense de 2004.

A estréia da série é com dois jogadores revelados nas categorias de base do Atlético: o atacante Dagoberto e o zagueiro Alessandro Lopes. Coincidentemente, ambos relembraram do mesmo jogo, o Atletiba do último Campeonato Brasileiro. Confira:

DAGOBERTO
Atletiba de 11 de outubro de 2003

Teve um Atletiba em que aconteceu um lance engraçado. Foi um jogo que eu e o Roberto Brum (Coritiba) estávamos nos bicando o tempo inteiro e aí, no segundo tempo, aconteceu alguma coisa que ele me xingou e eu mostrei a língua para ele. Por coincidência, conseguiram fotografar bem o lance. Na hora o Brum ficou irado comigo, mas depois acabou o jogo e nós nos cumprimentamos. Atletiba é um jogo em que dentro de campo vale tudo, mas fora dele tem que respeitar os outros, eu respeito ele e ele me respeita. Mas foi um lance engraçado.

ALESSANDRO LOPES
Atletiba de 11 de outubro de 2003

Pra mim o Atletiba mais marcante foi justamente o meu primeiro como profissional, pois foi a minha estréia no Atlético. Até então eu não tinha feito nenhuma partida pelo profissional e aquele Atletiba era o jogo em que eu menos esperava entrar e o professor Mário Sérgio acabou me colocando. O Atletiba é um jogo que te deixa bastante ansioso, mas como fui pego de surpresa acabei entrando mais tranqüilo. Mas é diferente de jogar qualquer outra partida, o clima da torcida é outro, ainda mais quando o estádio está cheio, o jogo fica diferente.



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

General é General…

Estamos em franca recuperação no Campeonato Brasileiro, jogando um futebol melhor, criando oportunidades, mas perdendo gols e deixando de tomar gols, em um momento, importantissímo……