19 abr 2004 - 10h16

Opinião de Sérgio Tavares Filho

Leia a opinião de Sérgio Tavares Filho:

Asteróides

“Só não muda de opinião quem opinião não tem”, já diria Goethe. Até mesmo o polêmico jornalista Augusto Mafuz, na coluna de hoje, afirmou que os ingressos devem mesmo custar R$30. Diz ele: “Fui o maior defensor da torcida nos protestos contra o valor de trinta reais. Felizmente, perdi esse jogo. Os danos que alguns torcedores provocaram na Arena, arrancando e quebrando as cadeiras colocadas, não é reação passional por uma perda. É uma manifestação de natureza criminosa contra o patrimônio.”

Ontem eu mudei a minha opinião sobre o Mário Sérgio. Durante grande parte do tempo em que o treinador esteve no clube, mostrou competência, dedicação e pulso firme. Ao barrar o meio-campo Adriano, mostrou que o Atlético merecia respeito, pois semanas antes o mesmo Gabiru afirmou que no rubro-negro não jogaria mais. Só que ao mesmo tempo em que Adriano era barrado, Fabrício ganhou uma vaga dentro dos selecionáveis para as concentrações.

O problema de Mário Sérgio foi não saber delegar funções. Pela ausência de um diretor de futebol, o treinador abraçou a função e começou a bater de frente com a imprensa. Aprendi, desde pequeno, que com a Igreja e com a imprensa não se pega briga. E por não saber separar o certo do errado, o fácil do difícil, Mário perdeu o título para o Coritiba.

Ontem escrevi que o treinador deveria ir para São Paulo, descansar com a família. Acho que errei, internauta. Talvez ele more num pequeno planeta telescópio que circula o espaço, entre Marte e Júpiter. Mário, assim como alguns, é um asteróide.

Sérgio Tavares Filho
Editor e colunista da Furacao.com

O conteúdo da opinião acima é de responsabilidade exclusiva de seu autor e não expressa necessariamente a opinião dos integrantes do site Furacao.com.

Entre em contato.



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

General é General…

Estamos em franca recuperação no Campeonato Brasileiro, jogando um futebol melhor, criando oportunidades, mas perdendo gols e deixando de tomar gols, em um momento, importantissímo……

Opinião

Pés no chão

                É impossível não ficar empolgado com o time novamente após o jogo de ontem. Com três vitórias seguidas, o 2×0 contra o Galo em…