20 abr 2004 - 13h53

Adversários da estréia vivem dias conturbados

A última semana foi conturbada para os dois clubes, o Atlético Paranaense após perder a decisão do Campeonato Estadual para o arqui-rival Coritiba viu seu técnico Mário Sérgio pedir demissão e deixar o cargo sem treinador para o Brasileiro. A diretoria do Atlético corre atrás de um substituto, mas o time deverá estrear com alguém improvisado no banco.

No São Paulo a turbulência ocorre mais próximo aos cartolas, o presidente Marcelo Portugal Gouvea no sábado fez elogios a Luxemburgo, chateando o técnico Cuca, que a pouco tempo teve que se desgastar para resolver um impasse entre o ídolo Rogério Ceni e o auxiliar-técnico Omar Feitosa. Cuca ainda tenta manter seus jogadores alheios à disputa eleitoral pela presidência do Clube. Manobras judicias estão sendo executadas e a partir de hoje e provavelmente até o dia 30, o São Paulo Futebol Clube estará sem presidente, podendo até sofrer intervenção da Federação Paulista de Futebol.

Fonte: SPNet



Últimas Notícias

Opinião

Pés no chão

                É impossível não ficar empolgado com o time novamente após o jogo de ontem. Com três vitórias seguidas, o 2×0 contra o Galo em…

Brasileiro

Pra cima, Athletico!

Athletico e Goiás fizeram o duelo dos desesperados do Campeonato Brasileiro. O Furacão tenta embalar após vencer o Fortaleza de virada na rodada passada e,…