21 abr 2004 - 22h30

Geninho explica campanha da Libertadores

O técnico Geninho, atualmente no Vasco da Gama, foi o convidado especial do programa Troca de Passes, da Sportv, desta quarta-feira. Ele participou falando sobre diversos assuntos e abordando especialmente a rodada de abertura do Campeonato Brasileiro.

No último bloco do programa, o apresentador Luiz Carlos Júnior fez uma homenagem a Geninho passando os gols da primeira partida da final do Brasileirão 2001, quando Geninho comandou a vitória do Atlético sobre o São Caetano por 4 a 2. “Dá muita saudade. É difícil uma equipe chegar no estágio que estava aquele Atlético”, disse Geninho, elogiando o rubro-negro.

Depois dos gols, o comentarista Roberto Assaf perguntou a Geninho por quais motivos o Furacão não fez uma boa campanha na Libertadores de 2002. “Faltou planejamento. É o que o Vanderlei Luxemburgo diz: para um time ser campeão, o planejamento é fundamental”, explicou o treinador. Segundo ele, a idéia era que o grupo campeão brasileiro tivesse mais tempo de descanso no início da temporada. A derrota para o Cruzeiro na estréia da Copa Sul-Minas acabou alterando os projetos.

“São lições que você aprende. Se aquela equipe estivesse bem preparada, teria grandes chances na Libertadores”, garantiu o técnico.



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

General é General…

Estamos em franca recuperação no Campeonato Brasileiro, jogando um futebol melhor, criando oportunidades, mas perdendo gols e deixando de tomar gols, em um momento, importantissímo……

Opinião

Pés no chão

                É impossível não ficar empolgado com o time novamente após o jogo de ontem. Com três vitórias seguidas, o 2×0 contra o Galo em…