28 abr 2004 - 12h51

Jair, volante do Bahia, na mira do Atlético

Tinha rastro de fumaça na passagem do presidente do Atlético, Mário Celso Petraglia, em Salvador, na rodada inicial da Série B. Ontem os sinais de fogo foram descobertos no Fazendão. O dirigente chegou oferecendo quatro jogadores para o Bahia em troca pelo volante Jair.

Os nomes não agradaram ao técnico Oswaldo Alvarez, que fez um apelo ao dirigente, de quem é muito amigo. Pediu o centroavante Washington. Negativa paranaense e contra-ataque de Vadão: “Então libera o Ricardinho”, outro atacante. Nada feito e o comandante tricolor solicitou, por úlimo, o jogador Renna – o mesmo que atuou em 2003 pela Catuense.

O treinador disse que o Bahia não pode abrir mão de um atleta com as qualidades de Jair. Empolgado com sua participação no jogo-treino diante do Palmeiras Nordeste, Vadão confirmou que o meio-campista irá para o banco, no jogo de sexta-feira, e deve entrar no decorrer da partida no Canindé. Boa notícia para quem ficou oito meses em tratamento e um alento para os torcedores, carentes de talentos.

Fonte: EcBahia.com.br – parceiro da Furacao.com



Últimas Notícias

Opinião

Pés no chão

                É impossível não ficar empolgado com o time novamente após o jogo de ontem. Com três vitórias seguidas, o 2×0 contra o Galo em…

Brasileiro

Pra cima, Athletico!

Athletico e Goiás fizeram o duelo dos desesperados do Campeonato Brasileiro. O Furacão tenta embalar após vencer o Fortaleza de virada na rodada passada e,…