30 abr 2004 - 17h59

Atletiba a R$ 15

O Desembargador Waldomiro Namur, do Tribunal de Justiça do Paraná, proferiu decisão nesta sexta-feira mantendo a liminar que determinou ao Clube Atlético Paranaense a suspensão do aumento do valor do ingresso comum na Arena da Baixada. Com isso, o preço da cadeira comum para o jogo contra o Coritiba, no próximo domingo, deverá ser de R$ 15 e não de R$ 30.

Na tarde de ontem, o juiz da 8° Vara Cível de Curitiba concedeu liminar em ação civil pública interposta pelo PROCON/PR cujo objeto é a majoração do valor dos ingressos na Arena da Baixada.

O clube ingressou com recurso de Agravo de Instrumento perante o Tribunal de Justiça na tarde desta sexta, pedindo a suspensão da decisão de primeira instância. O recurso foi distribuído ao Desembargador Waldomiro Namur, integrante da 1° Câmara Cível do TJ. O Des. Namur negou o pedido de efeito suspensivo do Atlético. Com isso, fica mantida a decisão liminar do juiz da 8° Vara Cível, proferida ontem.

Clique aqui para ler a decisão na íntegra.

Vendas recomeçam no sábado

O clube acatou a decisão judicial e reiniciará as vendas de ingressos neste sábado pela manhã. As bilheterias da Arena estarão abertas a partir das 10h e a cadeira custará R$ 15. O meio-ingresso, destinado a estudantes, menores e idosos, custará R$ 7,50. São os mesmos preços que foram cobrados durante o Campeonato Paranaense.

Os ingressos serão vendidos tanto na sede administrativa do Atlético, na Rua Petit Carneiro, quanto nos tradicionais pontos de venda: Loja Agroplantas e Sementes (Rua José Loureiro, 638), Arena Store, Churrascaria Napolitana (Arena da Baixada), Loja Candeias (Barão do Rio Branco) e nos quiosques do Atlético no piso L1 do Shopping Curitiba e no Shopping Total.

A carga destinada à torcida do Coritiba será de dois mil ingressos, sendo 1.500 cadeiras e 500 ingressos de meia entrada. Os ingressos serão entregues ao Coritiba, que será responsável pela venda.

Entenda o caso

A polêmica acerca do preço dos ingressos da Arena da Baixada iniciou em 17 de março, quando a diretoria anunciou a nova política de exploração do estádio. A primeira medida foi dotar a Arena integralmente de cadeiras. Estipulou-se que o ingresso avulso custaria R$ 30.

Segmentos da torcida atleticana manifestaram-se contrariamente aos valores, mas não houve redução. Mesmo após uma reclamação no PROCON/PR, os preços foram mantidos. Com isso, o próprio órgão de defesa do consumidor ingressou com uma ação civil pública em face do Atlético Paranaense.

Nesta quinta-feira, o juiz da 8° Vara Cível de Curitiba concedeu liminar determinando a suspensão do aumento e a manutenção do preço de R$ 15 para arquibancada. No dia seguinte, o Atlético interpôs Agravo de Instrumento em face dessa decisão. Porém, o Desembargador Relator do recurso negou o pedido do efeito suspensivo, mantendo o valor de R$ 15.

Saiba mais: notícias da Furacao.com sobre o assunto

Uma nova era na Baixada
Confira os preços de todos ‘season tickets’
Torcida protesta contra aumento de preços
Sócio-ouro terá privilégios nas cadeiras
Protestos de torcedores devem continuar
Pacotes começaram ser vendidos
Torcida condena valor individual do ingresso
Torcedores entregaram queixa no Procon
Torcida volta a protestar contra o ingresso
Conselheiros esclarecem o preço do ingresso
Procon ingressa com ação contra o Atlético
Fanáticos não entrou no estádio
Juiz defere liminar para redução dos preços
Confira a íntrega da decisão judicial
Clube entra com recurso no Tribunal de Justiça
Confira a íntegra da decisão do TJPR



Últimas Notícias