3 maio 2004 - 21h28

Advogado garante que Diego está regular

O advogado do Atlético, Gil Justen Santana, reafirmou nesta segunda-feira que o goleiro Diego tinha e tem condições legais de participar do Campeonato Brasileiro. Em entrevista à Rádio Banda B, Santana explicou que a situação do Atlético é absolutamente distinta da do Coritiba, que perdeu 6 pontos pela escalação do jogador Ataliba em uma partida.

O advogado confirmou que o nome de Diego não constava no BID especial de conferência divulgado pelo site oficial da CBF. Porém, imediatamente após a divulgação do documento, o Atlético solicitou à CBF que fosse realizada a correção, pois o contrato de Diego fora publicado em um BID ainda de 2003, dando-lhe condições de jogo até 2006.

No dia 14 de abril, a CBF enviou outra versão do BID ao Atlético, já com as devidas correções. Portanto, o atleta estava em condições de jogo inclusive para a estréia do Campeonato Brasileiro. Confira os principais trechos da entrevista de Gil ao repórter Osmar Antonio:

SITUAÇÃO DIFERENTE
“A nossa situação é extremamente diferente da situacao do jogador do Coritiba. Eu não tenho acesso aos autos do processo, e portanto só posso me manifestar sobre o que foi divulgado na imprensa. O que foi divulgado é que a CBF nega o recebimento do termo de contrato do jogador do Coritiba. Portanto, é muito diferente do caso do Atlético”

CONTRATO
“Quanto ao jogador Diego, ele assinou contrato com o Atlético no início do ano passado com duração até 31 de dezembro de 2006. Logo depois, o termo do contrato foi publicado no BID da CBF. Portanto, sua situação é regular”

O QUE OCORREU
“No dia em que a CBF divulgou o Boletim Informativo Diário de conferência, no dia 5 ou 6 de abril, nosso Departamento de Registros verificou a ausência do Diego. No mesmo instante, foi contactada a CBF para apurar a falha, pois nós tínhamos contrato de trabalho com o Diego em vigor. No dia 14 de abril, um dia antes da data limite pra inclusão no BID, a CBF nos enviou um BID contendo todos os jogadores inscritos pelo Atlético, inclusive o Diego. Feita a conferência de nome a nome, pudemos constatar que todos os jogadores do elenco tinham condições de jogo”

DEFESA NO STJD
“A situação do Coritiba é totalmente diferente da situação do Atlético Paranaense. As situações de fato são diversas. Se eles foram ao Tribunal alegar que o nosso jogador não estava no BID e acabaram querendo trazer a instauração de um procedimento, não há problema algum. Nós apresentaremos a documentação ainda na fase de investigação e a CBF confirmará a regularidade do atleta Diego”



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

General é General…

Estamos em franca recuperação no Campeonato Brasileiro, jogando um futebol melhor, criando oportunidades, mas perdendo gols e deixando de tomar gols, em um momento, importantissímo……

Opinião

Pés no chão

                É impossível não ficar empolgado com o time novamente após o jogo de ontem. Com três vitórias seguidas, o 2×0 contra o Galo em…