5 maio 2004 - 9h43

Manchetes atleticanas desta quarta-feira

O Atlético partiu ontem para o contra-ataque e quer provar que o goleiro Diego tem totais condições de atuar neste Campeonato Brasileiro. Envolvido no julgamento do caso Ataliba, volante do Coritiba, o Rubro-Negro acionou o seu departamento jurídico para levar toda a documentação do arqueiro à procuradoria do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). (Leia mais).

 

O Atlético não teme perder 24 pontos no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). Tanto é que o clube confirmou ontem que o goleiro Diego enfrentará o Guarani, no próximo sábado, em Campinas. Por erro da CBF, o nome dele não constou em um relatório e o clube pode ser punido com a perda de seis pontos por partida disputada pelo jogador. Ainda não há data prevista para o julgamento. (Leia mais).

 

A dupla Atletiba leva agora a rivalidade de anos em campo para o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). O Coritiba perdeu seis pontos devido a utilização irregular do volante Ataliba no Brasileirão e agora cobra também vigor do STJD em possível julgamento do goleiro rubro-negro Diego, que também estaria com registro ilegal. (Leia mais).

 

Ao perder seis pontos no Campeonato Brasileiro, por decisão do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), o Coritiba provocou um Atletiba jurídico. “Há outros jogadores não inscritos no boletim da CBF, como o Diego, do Atlético Paranaense”, acusou o vice-presidente do alviverde, Domingos Moro, na sessão de segunda-feira. (Leia mais).

 

Se depender das palavras dos advogados do Clube Atlético Paranaense, a torcida rubro-negra pode ficar tranqüila porque o Furacão não deverá perder 24 pontos no Campeonato Brasileiro. Segundo o departamento jurídico do clube, o goleiro Diego está totalmente regularizado e não existe qualquer tipo de motivo para tentarem mandar o Atlético pro fundo do poço. (Leia mais).

 


Últimas Notícias