8 maio 2004 - 18h43

Cléber divide os elogios com o grupo

Na tarde deste sábado, o goleiro Cléber teve mais uma oportunidade de vestir a camisa 1 do Atlético. Com a contusão do titular Diego, Cléber foi escalado pelo técnico Levir Culpi e fez bonito: não sofreu gols e, de quebra, salvou o Atlético de perder a partida após a pressão do Guarani no final do jogo.

“Realmente foram duas defesas importantes no jogo. Toda a equipe está de parabéns, apesar do empate. Fizemos um bom trabalho”, comentou Cléber, satisfeito por ter ajudado o Atlético a conquistar mais um ponto fora de casa. A partida mais marcante de sua carreira foi justamente um empate sem gols fora de casa, contra o Goiás, pelo Campeonato Brasileiro de 2002.

Apesar da boa atuação, Cléber deverá voltar ao banco na próxima partida. Isso porque Diego fará tratamento durante a semana e deverá ter condições físicas de voltar à meta atleticana.



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

Insanidade

Louva-se o posicionamento do CAP em relação à atitude insana, egoísta e manipuladora do Flamengo, que chegou ao ponto de utilizar-se da peste alcançar seus…

Camisa preta edição especial.

Opinião

Viva a revolução!

Eu sou corneta. Confesso! Se o time vai mal, sou o primeiro a reclamar. Se o time vai bem, tem que melhorar. Se ganhou de…

Notícias

A evolução do Athletico

É inegável a evolução do rubro-negro. Desde a mudança no comando técnico, o Furacão vem evoluindo a cada jogo. Atualmente acumula quatro vitórias consecutivas. Além…