28 maio 2004 - 8h13

Manchetes atleticanas desta sexta-feira

Levir ainda não tem o time do Atlético escalado – A goleada por 5 a 0 sobre o Corinthians rendeu ao Atlético projeção nacional, um novo interesse pelo futebol rubro-negro e muito mais respeito pelo campeão brasileiro de 2001. Este é o lado bom. O lado ruim é que as equipes passaram a olhar muito mais as virtudes do time de Levir Culpi e vão tentar vir para a Arena vacinadas contra as jogadas de Jádson, Dagoberto, Ilan, Washington e companhia. (Leia mais).

 

Atlético assiste “volta por cima”– A recuperação do Atlético após a derrota no Estadual marca também a ‘volta por cima’ de alguns jogadores. Pelos mais diversos motivos (mal aproveitado, machucado ou condenado ao ostracismo), há quem se considere hoje revitalizado no clube. (Leia mais).

 

Levir Culpi tem dúvida para definir o Atlético-PR– O técnico Levir Culpi continua em dúvida em relação ao esquema tático que será adotado pelo Atlético-PR na partida de domingo, às 18h, contra o Cruzeiro, na Arena. A escolha está entre o 3-5-2, com a entrada do zagueiro Rogério Corrêa no lugar do meia Fernadinho, convocado para a Seleção Brasileira sub-20, e o 4-3-3, colocando o atacante Washington ao lado de Ilan e Dagoberto. (Leia mais).

 

Torcida diverge sobre setorização– A setorização da Arena provocou diferentes reações na torcida do Atlético. Uma pesquisa feita pelo site furacao.com mostra que 70,2% dos 1.554 entrevistados concordam com a nova política de preços estabelecida pela diretoria do clube. No total, 46,1% escolheram a alternativa que classifica a solução como “muito boa”. Outros 24,1% optaram pela frase que descrevia a setorização como “a única solução”. Somente 29,8% responderam que não concordam e que há outras maneiras para resolver a questão. (Leia mais).

 

Xaranga vai animar a Arena – O Atlético Paranaense liberou a entrada de bumbos, cuícas e outros instrumentos musicais na Arena da Baixada. Desde o final do Campeonato Paranaense, o batuque estava proibido como represália a integrantes da torcida organizada “Os Fanáticos”, responsabilizada pela quebra de várias cadeiras do estádio na final do Campeonato Paranaense, em 18 de abril, após o empate por 3 x 3 que deu o título para o Coritiba. (Leia mais).

 

Diego quer virar artilheiro também– O torcedor atleticano que não se surpreenda se, nos próximo jogos, pintar um gol do goleiro Diego. É isso mesmo! O goleirão chuteira de ouro 2004 não está satisfeito com o belíssimo trabalho que vem realizando sob os três paus e está treinando forte para tentar balançar as redes adversárias também. Quer seguir os passos de Rogério Ceni e ser um dos batedores de falta do Atlético nesse Campeonato Brasileiro. (Leia mais).

 


Últimas Notícias

Opinião

Pés no chão

                É impossível não ficar empolgado com o time novamente após o jogo de ontem. Com três vitórias seguidas, o 2×0 contra o Galo em…

Brasileiro

Pra cima, Athletico!

Athletico e Goiás fizeram o duelo dos desesperados do Campeonato Brasileiro. O Furacão tenta embalar após vencer o Fortaleza de virada na rodada passada e,…