29 maio 2004 - 20h04

Orientações para os torcedores

Como parte do trabalho de orientação ao torcedor, o Clube Atlético Paranaense dá seqüência ao programa criado para oferecer mais conforto e segurança na Arena da Baixada e atender as determinações da Lei.

O Estatuto do Torcedor, no Capítulo V, Art. 22, parágrafos I e II, estabelece que o torcedor tem o direito de ocupar seu lugar demarcado, de acordo com o número correspondente ao do ingresso que ele comprou.

O Clube Atlético Paranaense está vendendo os ingressos numerados e oferecendo ao torcedor o conforto de ocupar a cadeira correspondente. Todavia, o CAP entende as dificuldades para a adaptação do torcedor aos seus novos direitos. Por isso, está desenvolvendo um trabalho permanente, para que, no menor prazo possível, possa garantir que o lugar adquirido na hora da compra vai estar à disposição no dia do jogo.

Neste momento, o Atlético concentra esforços para que, em dias de jogos, cada torcedor se posicione, pelo menos, no mini-setor constante no ingresso. Ou seja, bocas 100 a 116 ( anel inferior) e 300 a 316 (anel superior). Mas, paralelamente, está procurando orientar o torcedor a ocupar o seu devido lugar. Para tanto, afixou mapas com a setorização da Arena nas bilheterias e preparou orientadores, com o objetivo de tirar as últimas dúvidas do torcedor antes de comprar o ingresso e evitar que o tempo de espera na fila seja longo.

A Arena passa a contar com um setor para torcidas organizadas (Buenos Aires – Superior – bocas 303, 304 e 305). O nível superior foi escolhido, para que as torcidas possam se manifestar em pé e com baterias, sem prejudicar a visibilidade dos demais torcedores.

O torcedor deve estar atento à nova programação visual das bilheterias. Em cada uma delas, haverá cartazes indicando para quais setores há ingressos à venda. Para facilitar a localização e escolha do torcedor, os cartazes foram feitos nas mesmas cores com que os setores da Arena estão pintados (Buenos Aires – Vermelho; Madre Maria dos Anjos – Laranja; Getúlio Vargas – Amarelo.

Tanto nas bilheterias da Av. Getúlio Vargas como na Rua Buenos Aires, estão à venda ingressos de todos os setores. O torcedor deverá se dirigir à bilheteria do setor desejado e solicitar o ingresso pelo número da boca de acesso. Será preciso prestar atenção às informações dos ingressos e tickets que são entregues no momento da compra. Neles, constam: o nome do setor, o nível (inferior ou superior), a boca de entrada, a fila e o número da cadeira. O torcedor deverá manter à mão o ingresso e o ticket durante todo o jogo, mesmo depois do início da partida. Isso irá ajudá-lo na volta para a cadeira depois do intervalo ou no caso de precisar sair do lugar com o jogo em andamento.

Os Agentes de Segurança e a Polícia Militar estão orientados a impedir a permanência de torcedores nas áreas de transição, tais como: bocas de entrada, escadas das bancadas e guarda-corpos. O objetivo é permitir a livre circulação de todos, maior visibilidade do campo de jogo e a segurança do torcedor.

Os preços dos ingressos permanecem R$15,00 para os setores Madre Maria e Buenos Aires (anéis inferior e superior). Apenas no Setor Getúlio Vargas, os preços são diferenciados: R$30,00, no anel inferior; e R$60,00, no anel superior.



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

General é General…

Estamos em franca recuperação no Campeonato Brasileiro, jogando um futebol melhor, criando oportunidades, mas perdendo gols e deixando de tomar gols, em um momento, importantissímo……

Opinião

Pés no chão

                É impossível não ficar empolgado com o time novamente após o jogo de ontem. Com três vitórias seguidas, o 2×0 contra o Galo em…