19 jun 2004 - 19h21

Para Dagoberto, Furacão marcou bobeira

Autor do único gol do Atlético na partida deste sábado diante do Vitória, o atacante Dagoberto lamentou a segunda derrota consecutiva do clube no Campeonato Brasileiro. “Nós temos que erguer a cabeça. Demos bobeira hoje, coisa que não poderia ter acontecido. A gente até saiu em busca do gol, mas quem não faz toma”, afirmou, aproveitando-se de um chavão clássico do futebol nacional.

A análise de Dagoberto se refere ao fato de que o Atlético criou diversas oportunidades na primeira etapa e nos minutos iniciais do segundo tempo, mas não conseguiu abrir o marcador. O próprio atacante desperdiçou algumas chances.

Em um dos seus únicos ataques, o Vitória marcou o primeiro gol aos 21 minutos da etapa final e acabou abrindo caminho para a vitória. A “bobeira” citada por Dagoberto se refere às falhas da defesa na marcação dos atacantes baianos.

Colaboração: Monique Silva



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

General é General…

Estamos em franca recuperação no Campeonato Brasileiro, jogando um futebol melhor, criando oportunidades, mas perdendo gols e deixando de tomar gols, em um momento, importantissímo……

Opinião

Pés no chão

                É impossível não ficar empolgado com o time novamente após o jogo de ontem. Com três vitórias seguidas, o 2×0 contra o Galo em…