21 jun 2004 - 12h22

Figueira desmente sociedade com Petraglia

Agência Estado – Paulo Prisco Paraíso, presidente da Figueira Participações S.A, empresa criada para dar suporte à gestão do Figueirense Futebol Clube no processo de clube-empresa, admitiu hoje ter se equivocado ao citar o presidente do conselho deliberativo do Clube Atlético Paranaense Mário Celso Petraglia como parceiro acionário na empresa em questão.

Ele garantiu que na condição de parceiro do Figueirense desde 1999, Petraglia, a exemplo de Francisco Machado, ex-presidente da multinacional inglesa Umbro (marca de material esportivo) para a América do Sul, não possuem qualquer participação em cotas na recém criada empresa.

“Devo ter me equivocado ao dar a informação, mas na verdade, eles foram os parceiros de primeira hora. O Petraglia, como ex-presidente do Atlético no fornecimento de jogadores por empréstimos ao Figueirense e o doutor Francisco Machado, que viabilizou uma importante parceria para o fornecimento de material esportivo na época que era vinculado à Umbro. Eles foram fundamentais no processo de crescimento do Figueirense”, ponderou Prisco.

O empresário foi ouvido novamente hoje pela Agencia Estado, pouco mais de 24 horas depois de citar, segundo ele, equivocadamente, Petraglia como um dos sócios da empresa que dirige. Tão logo a notícia foi publicada, quinta-feira, a assessoria de imprensa do Atlético/PR contestou a informação, afirmando que o dirigente paranaense não tem participação como investidor na empresa criada para gerir o Figueirense.

Reportagem: Júlio Castro, da Agência Estado



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

General é General…

Estamos em franca recuperação no Campeonato Brasileiro, jogando um futebol melhor, criando oportunidades, mas perdendo gols e deixando de tomar gols, em um momento, importantissímo……

Opinião

Pés no chão

                É impossível não ficar empolgado com o time novamente após o jogo de ontem. Com três vitórias seguidas, o 2×0 contra o Galo em…