25 jun 2004 - 23h32

Coluna: Sérgio Tavares Filho e a nostalgia

O colunista Sérgio Tavares Filho escreve sobre as relações entre a torcida, diretoria, jogadores e imprensa e fala sobre o momento do clube:

“É fácil criticarmos aqueles cujas responsabilidades não temos. Foi isso que eu li, ontem, na Folhinha do Sagrado Coração de Jesus que está na minha cozinha. Jacques Lecrercq é o autor da frase. Não o conheço e também não vou procurar no Google para ludibriar o internauta. Mas Lecrercq poderia ser um espectador que acompanha a empreitada de Fleury e Petraglia, Diego e Ilan ou até mesmo do Julião, da Fanáticos.”

Clique aqui e leia o texto na íntegra.



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

General é General…

Estamos em franca recuperação no Campeonato Brasileiro, jogando um futebol melhor, criando oportunidades, mas perdendo gols e deixando de tomar gols, em um momento, importantissímo……

Opinião

Pés no chão

                É impossível não ficar empolgado com o time novamente após o jogo de ontem. Com três vitórias seguidas, o 2×0 contra o Galo em…