30 jun 2004 - 0h20

Kléber troca o Tigres pelo Veracruz

O ex-atleticano Kléber foi vendido pelo Tigres ao Veracruz, do México. O atacante maranhense foi contratado pelo Atlético em 1999 e jogou no clube até 2002. Com 124 gols marcados, Kléber é o terceiro maior artilheiro da história atleticana, atrás apenas dos meias Sicupira e Jackson.

Depois de conquistar o tricampeonato paranaense e o Brasileirão de 2001, Kléber encerrou seu ciclo no Atlético no final de 2002, quando foi negociado definitivamente com o Tigres. Logo em seguida, seu companheiro de ataque Alex Mineiro foi emprestado ao mesmo clube.

Apesar de marcar alguns gols pelo time mexicano, acabou se envolvendo em algumas polêmicas. Atrasou-se em todas as reapresentações após as férias. Por isso, irritou os dirigentes do Tigres, que acabaram por negociá-lo. De todo modo, ele permanecerá no México, ainda que tenha manifestado seu interesse em voltar ao Brasil.

Veracruz

O Club Deportivo Veracruz foi fundado em 1943. Os “Tiburones Rojos” (ou “Tubarões vermelhos”) orgulham-se do seu estádio, o Luis “Pirata” de la Fuente, cujo nome é uma homenagem a um ex-jogador do time. No momento, o Veracruz ocupa a 17° colocação do Torneo Clausura, que é disputado por 20 times. O Tigres, antigo clube de Kléber, é o 13°.

O Veracruz já contratou oito jogadores neste período de contratações. Os mais importantes são Kléber e o também atacante Cuauhtémoc Blanco, grande astro da Seleção Mexicana.

Kléber será o segundo atleticano a defender a camisa do Veracruz. O primeiro foi o zagueiro Alfredo, filho de Caju e eleito para a Seleção dos 80 Anos do Atlético pela Furacao.com.

Colaboração: Marcelo Issao Utime



Últimas Notícias

Opinião

E lá se vão 6 anos

O tempo passa. Completamos hoje 6 anos de Nikão no Athletico. Há exatos 6 anos recebíamos Maycon Vinicius Ferreira da Cruz, conhecido como Nikão. Quando…

Ao Sol e à Sombra

Caju

Dizem que onde o goleiro pisa, nunca mais cresce a grama. Mas no estádio Joaquim Américo, mesmo agora, com o gramado sintético, a grama é…