1 jul 2004 - 9h10

Manchetes atleticanas desta quinta-feira

Seqüestro na família assusta Washington
Não bastasse os problemas físicos, todos superados com valentia, o atacante Washington, do Atlético, volta a viver um drama pessoal, desta vez na sua família. Na semana passada, um primo do artilheiro rubro-negro foi seqüestrado e passou 18h sob o domínio de criminosos em Caxias do Sul. [Leia mais].

 

Portugueses acenam para Ilan
O Sporting de Lisboa surge agora como possível destino de Ilan. Alvo central de hostilidades pela torcida rubro-negra, o atacante não esconde mais o desejo de deixar o Atlético – e já confirmou ter uma proposta do clube português. A negociação depende agora de um acerto financeiro entre as diretorias. [Leia mais].

 

Levir Culpi tem dúvida na lateral direita
O técnico Levir Culpi, do Atlético-PR, ainda não definiu o substituto do lateral-direito Raulen, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, para a partida contra o Juventude, no próximo sábado, às 16 horas, na Arena. As opções seriam André Luiz, lateral de ofício, e os meias Fernandinho e William, atuando de maneira improvisada. [Leia mais].

 

Estatística é vilã para o Atlético e pior ainda para os adversários
Uma seqüência de quatro jogos diante da própria torcida pode ser considerado o sonho de muito time, que vê nisso a chance de reabilitar-se ou de embalar na tabela. Não é exatamente o caso do Atlético. Neste brasileirão, o time é um dos poucos que tem melhor desempenho quando joga no campo do adversário. [Leia mais].

 

Adriano ou Fernandinho é a dúvida de Levir Culpi
O Atlético finalmente vai poder contar com Morais, que agora não tem mais problemas de documentação, mas o técnico Levir Culpi precisa antes resolver quem é que joga no meio-de-campo. O treinador ainda não decidiu se Adriano ou Fernandinho começa como titular contra o Juventude, no sábado, na Arena da Baixada. [Leia mais].

 


Últimas Notícias

Fala, Atleticano

General é General…

Estamos em franca recuperação no Campeonato Brasileiro, jogando um futebol melhor, criando oportunidades, mas perdendo gols e deixando de tomar gols, em um momento, importantissímo……