10 jul 2004 - 21h33

Análise do jogo Atlético 0 x 0 Palmeiras

O colunista Silvio Rauth Filho faz a análise do jogo Atlético 0 x 0 Palmeiras. Confira:

As estrelas não brilharam
por Silvio Rauth Filho

Atlético e Palmeiras foi o jogo mais truncado e tático na Arena em 2004. O adversário marcou com eficiência surpreendente, bloqueando o meio e as laterais. Apesar de ser apenas razoável na técnica, o time paulista mostrou ser o melhor do Brasil no aspecto tático: sabe fechar os espaços e avançar na hora certa.

Se não foi uma boa partida do Atlético, pelo menos soube manter o equilíbrio e o controle na maior parte do tempo. O que faltou, porém, foi aquele “algo mais” que cabe aos craques. Nossos três jogadores com maior capacidade de decisão – Jadson, Washington e Dagoberto – estavam em um dia ruim. Erraram passes e dribles. Em diversos lances, até tropeçaram na bola. Se um deles tivesse jogado 50% do que sabe, o Furacão teria vencido.

Como destaque positivo, ressalto a eficiência de Marinho, jogando um futebol superior ao de qualquer zagueiro que vestiu a camisa da seleção nos últimos cinco anos. Afirmo isso, com a absoluta convicção de que não se trata de um exagero.

Como destaque negativo, fiquei preocupado com o cansaço mostrado pela maioria dos jogadores nos 15 minutos finais. Essa pode ser a explicação para o número excessivo de passes errados nesta etapa da partida.

Agora, é tentar corrigir os erros sutis cometidos nesse jogo e torcer para que as estrelas de Washington, Dagoberto e Jadson voltem a brilhar. Se isso não ocorrer, teremos que evoluir para um sistema tático tão eficiente como o do Palmeiras.

Silvio Rauth Filho é colunista da Furacao.com. Clique aqui para ler outros textos de sua autoria.

O conteúdo da opinião acima é de responsabilidade exclusiva de seu autor e não expressa necessariamente a opinião dos integrantes do site Furacao.com.

Entre em contato com o colunista.



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

General é General…

Estamos em franca recuperação no Campeonato Brasileiro, jogando um futebol melhor, criando oportunidades, mas perdendo gols e deixando de tomar gols, em um momento, importantissímo……

Opinião

Pés no chão

                É impossível não ficar empolgado com o time novamente após o jogo de ontem. Com três vitórias seguidas, o 2×0 contra o Galo em…