10 jul 2004 - 20h02

Noite sem brilho

Jogo embolado no meio-campo, poucas chances de gol e muitas faltas. Assim foi a partida entre Atlético e Palmeiras na noite de sábado, na Arena da Baixada. Com os atacantes pouco inspirados, os goleiros Diego e Sérgio não fizeram nenhuma grande defesa durante os noventa e três minutos em que a bola esteve circulando no gramado.

O time paulista começou impondo um bom ritmo de jogo e logo aos 30 segundos teve uma chance de abrir o placar numa falta pela esquerda. No cruzamento a bola sobrou fácil para Diego. A resposta atleticana veio aos sete minutos na jogada individual de Raulen. O lateral passou por três marcadores mas chutou fraco de fora da área, sem direção.

Daí para frente o que se viu foi uma sucessão de passes errados e uma ‘embolação’ no meio-campo. Novas oportunidades só aos trinta e três minutos com Washington perdendo na grande área e com Corrêa, que chutou fraco na saída de Diego, dando tempo para que Alan Bahia tirasse a bola antes dela cruzar a linha.

Alterações não surtiram efeito

O Atlético pressionou o Palmeiras no começo do segundo tempo. Adriano Gabiru, que entrou no lugar de Jadson no intervalo, quase marcou no primeiro minuto. Aos quatro foi a vez de Marinho perder a oportunidade de abrir o placar.

Outra boa chance criada pelo Furacão foi aos vinte minutos, novamente com Adriano. Ele chutou prensado na zaga e na seqüência Dagoberto chutou por cima. O Palmeiras passou a contra-atacar e numa das jogadas o zagueiro Marinho teve que fazer milagre para tirar a bola dos pés de Elson.

Restando dez minutos para terminar a partida Washington foi substituído por Ilan, que entrou em campo com bastante apoio da torcida. A tentativa do técnico Levir Culpi, porém, foi por água abaixo. O atacante mal pegou na bola e não conseguiu levar perigo ao gol de Sérgio.

O resultado de empate não agradou a torcida, que volta a ver o Atlético em ação na próxima terça-feira, também na Arena da Baixada.

Saiba mais sobre o jogo:
Análise do jogo Atlético 0 x 0 Palmeiras
Para Estevam, Atlético brigará pela ponta
Sérgio considerou o empate um ótimo resultado
Arena recebeu o segundo melhor público
Confira a coletiva do técnico Levir Culpi
Fabiano diz que foi o jogo mais disputado
Torcida gritou o nome do atacante Ilan
Marcão e Alan estão fora do próximo jogo
Atlético cai mais duas posições no campeonato

14ª rodada – Brasileiro – (10/07/04) – Atlético 0 x 0 Palmeiras
L: Arena da Baixada; H: 18h; A: Wagner Tardelli Azevedo (RJ); CA: Raulen (23′), Alan Bahia (24′), Nen (27′), Corrêa (55′), Marcão (60′), Alceu (74′) e Marinho (81′); P: 17.576; R: R$ 215.672,00.

ATLÉTICO: Diego; Raulen, Marinho, Fabiano e Marcão (Ivan 62′); Bruno Lança, Alan Bahia, Fernandinho e Jadson (Adriano int); Dagoberto e Washington (Ilan 83′). T: Levir Culpi.

PALMEIRAS: Sérgio; Baiano (Alceu 73′), Nen, Leonardo e Lúcio; Marcinho, Corrêa, Magrão, Élson e Pedrinho (Thiago Gentil 64′); Kahê (Daniel Martins 90+1′). T: Estevam Soares.



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

Time voando baixo

Foi um “Passeio”, o time comandado por Eduardo Barros, deu aula… Os meninos Christian e Erick, comando meio de campo, Wellington o “maestro” regendo a…

Opinião

Libertadores, estamos aqui

Do alto da nossa sétima participação na Copa Libertadores da América, temos que reconhecer que já temos muita história para contar: da primeira participação, via…