14 jul 2004 - 11h53

CBF muda regra de penalidades por cartões

A Confederação Brasileira de Futebol alterou a sistemática de punições impostas aos atletas advertidos com cartões amarelos e vermelhos. A mudança é sutil, mas significativa e envolve os casos em que um atleta recebe um cartão amarelo e, posteriormente, um vermelho na mesma partida.

Atualmente, quando acontece uma situação dessas, a entidade computa apenas o cartão vermelho. Para fins de suspensão, o amarelo é descartado. Com a publicação da RDI 05/04, que passará a vigorar a partir de 1° de agosto, o cartão amarelo continuará a contar.

Para ficar mais claro, tome-se um exemplo. No jogo contra o Flamengo, o atacante Washington recebeu um cartão amarelo por reclamação e, minutos mais tarde, foi expulso. No seu registro, porém, ficou anotado apenas o vermelho. Ou seja, na prática é como se ele não tivesse recebido o cartão amarelo.

Com a nova regra, valeriam os dois cartões. Isso acarreta no seguinte: se um jogador estiver pendurado com dois cartões amarelos e receber em um jogo o amarelo e o vermelho, pegará suspensão automática por duas partidas (uma decorrente da expulsão e outra dos três amarelos).



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

General é General…

Estamos em franca recuperação no Campeonato Brasileiro, jogando um futebol melhor, criando oportunidades, mas perdendo gols e deixando de tomar gols, em um momento, importantissímo……

Opinião

Pés no chão

                É impossível não ficar empolgado com o time novamente após o jogo de ontem. Com três vitórias seguidas, o 2×0 contra o Galo em…