14 jul 2004 - 2h41

Furacão quebra recorde que durava 20 anos

A goleada por 6 a 0 sobre o Goiás na noite desta terça-feira foi significativa sob diversos aspectos para o Atlético. Primeiro, colocou o Furacão novamente na luta pelas primeiras colocações do Campeonato Brasileiro. Além disso, tornou-se a maior goleada imposta pelo Furacão na Arena da Baixada desde que o estádio foi inaugurado, há cinco anos.

Mais importante do que isso – e talvez pouco notado pelo restante da imprensa – o resultado superou um recorde que durou mais de 20 anos. O jogo contra o Goiás foi a maior goleada do Atlético em um jogo de Campeonato Brasileiro em toda a história.

Até metade do segundo tempo da partida desta terça-feira, o recorde pertencia à partida Atlético 5 x 0 ABC, disputada em 11 de março de 1984 no Estádio Couto Pereira. Naquele jogo, os gols atleticanos foram marcados por Renato Sá, Nivaldo, Paulo Marcos, Sóter e Capitão. O Furacão chegou à terceira fase do Brasileiro e terminou na 11° colocação.

Agora, a maior goleada do Atlético em Brasileiros passa a ser os 6 a 0 sobre o Goiás. Além disso, o atacante Washington se igualou a Alex Mineiro e a Ilan. Os três foram os únicos atleticanos que marcaram três gols em dois jogos de Campeonato Brasileiro. Alex fez 3 contra Fluminense e São Caetano, em 2001, Ilan contra Corinthians e Flamengo, em 2003 e Washington contra Juventude e Goiás, em 2004.

Além deles, outros seis atletas também marcaram três gols em um jogo de Brasileiro e dividem o posto de maiores goleadores do Furacão em um único jogo da competição: Cabral, André, Oséas, Kléber, Jadílson e Jadson.



Últimas Notícias