O Fala, Atleticano é um canal de manifestação da torcida do Atlético. Os textos abaixo publicados foram escritos por torcedores rubro-negros e não representam necessariamente a opinião dos responsáveis pelo site. Os autores se responsabilizam pelos textos por eles assinados. Para colaborar com um texto, clique aqui e siga as instruções. Confira abaixo os textos dos torcedores rubro-negros:
16 jul 2004 - 19h03

Atleticanos, vamos esquecer os coxas

Gostaria de voltar a questão das músicas cheias de palavrões e ofensivas aos nossos rivais que os Fanáticos cantam nos jogos. Tema que já abordei anteriormente. Fui ao jogo contra o Goiás e me deliciei com a saborosa goleada. No clima do jogo, achei a torcida meio quieta, provavelmente sentindo a falta da bateria. Não quero entrar no mérito das novas regras da Arena, pois outros torcedores tem abordado este tema neste espaço. Quero sim insistir na falta de propósito em no meio do jogo, a musica provocativa aos coxas ser mais cantada que as músicas de incentivo ao time. Ninguém me convence que no calor da goleada é melhor ouvir um xingamento aos coxas do que as musicas de apoio ao nosso Furacão.

Gostaria de saber o que tem a ver tirar um sarro dos coxas quando estamos goleando o Goiás. Esta mais do que na hora de mudarmos isso. Será que ainda tem atleticano que fica mais contente quando o Coritiba perde que o Atlético ganha? Ou fica menos triste e chateado quando o Furacão não ganha, mas pelo menos os coxas perdem?

Alimentar esta rivalidade é coisa do passado e não acrescenta nada, além disso desvia a atenção do foco principal que é fazer uma análise crítica no nosso time e incentiva-lo para as vitórias. Sem falar no combustível para os mais exaltados e marginais que fazem arruaças nas ruas após os jogos. Afinal não é normal para eles usar este álibi de odiar os coxas para agredi-los fisicamente? Convenhamos, não existe mais sentido em tentar inflamar a torcida com estas baixarias.

Na minha opinião é puro marketing de graça para o adversário que nem está participando do jogo. Claro que num Atletiba o ambiente fica mais propício as provocações, mesmo assim ainda sou contra as músicas recheadas de palavrões, pois a Arena recebe cada vez mais famílias. Com mais criatividade podemos ser mais eficientes em abalar o adversário na hora do jogo.

Esqueçam os coxas! Vamos cada vez mais polarizar nossas atenções no nosso Furacão. Devemos aprimorar nosso censo critico e sempre procurar exercer pressões positivas e de incentivo ao nosso Atlético.



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

Próximo treinador

Apenas para manifestar minha preocupação com relação à notícia publicada no decorrer da semana dando conta de possível interesse do Athletico na contratação de Roger…