16 jul 2004 - 12h12

Joel não entende porque Jadson foi sacado

O técnico Joel Santana, do Internacional, conversou com a imprensa gaúcha acerca do jogo de sábado contra o Atlético, no Beira-Rio, e demonstrou conhecer bem a forma de atuar do Furacão. Joel já enfrentou o Atlético neste Campeonato Brasileiro, quando ainda dirigia o Guarani (o jogo terminou empatado sem gols).

Enquanto falava sobre sua preocupação com os três atacantes atleticanos (Washington, Dagoberto e Ilan), Joel Santana foi interpelado por um repórter da Rádio Gaúcha que queria saber se o Inter não deveria tomar cuidado também com o meia Jadson, uma das revelações do Rubro-negro.

Joel foi rápido na resposta. “(Jadson) está na reserva. Não jogou o último jogo. Para você ter uma idéia, ele tirou o Jadson! Ele saiu de um 4-4-2 com o Jadson e partiu para um 3-5-2 e mesmo assim ganhou de 6 a 0. A equipe deles encaixou. Estou revendo a formação deles de jogos anteriores para ver o porquê dessa mudança. Eu acho que eles devem vir com a mesma formação do último jogo”, disse ele, apostando na formação com três atacantes.

Demissão

O técnico colorado lembrou também que seu último encontro com o Atlético não foi muito agradável. O empate em casa lhe custou o emprego como técnico do Guarani. Ele expressou sua surpresa pelo ocorrido.

“Eu joguei contra o Atlético quando estava no Guarani. Foi 0 a 0 o jogo e ele (Jadson) estava desequilibrando o jogo. Tive de fazer uma marcação especial sobre ele para não perder o jogo. E por esse jogo eu fui demitido. Eu fui mandado embora porque empatei com o Atlético Paranaense. É mole um negócio desses? O Guarani segurar o Atlético e você pagar por isso?”, disse ele.



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

General é General…

Estamos em franca recuperação no Campeonato Brasileiro, jogando um futebol melhor, criando oportunidades, mas perdendo gols e deixando de tomar gols, em um momento, importantissímo……