17 jul 2004 - 18h09

Camisa dourada continua amaldiçoada

Mesmo com o tabu de não perder para o Internacional em Porto Alegre desde 1992, hoje, coincidência ou não, a camisa dourada mostrou não dar sorte para o Atlético. A vestimenta já havia sido utilizada pela equipe principal do Clube em 5 ocasiões, com três derrotas (duas para o Flamengo e uma para o Paraná) e dois empates (Ponte Preta e Guarani).

Nesta tarde, mais uma vez o time não jogou bem com o uniforme dourado. Inexplicavelmente, nenhum jogador atuou com a garra característica do Atlético. Talvez pela ausência das cores rubro-negras, como o próprio hino do Clube diz: “E a camisa rubro-negra só se veste por amor”.



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

General é General…

Estamos em franca recuperação no Campeonato Brasileiro, jogando um futebol melhor, criando oportunidades, mas perdendo gols e deixando de tomar gols, em um momento, importantissímo……

Opinião

Pés no chão

                É impossível não ficar empolgado com o time novamente após o jogo de ontem. Com três vitórias seguidas, o 2×0 contra o Galo em…