17 jul 2004 - 18h35

Esquema foi destruído nos primeiros minutos

O esquema tático do Atlético foi destruído logo nos primeiro minutos do jogo deste sábado contra o Internacional. O técnico Levir Culpi escalou a equipe em um inusual 3-4-3 ou num 5-2-3, com três zagueiros e também três atacantes. Resultado: o meio-campo ficou enfraquecido e o Inter acabou construindo uma goleada.

Com 17 minutos de partida, o colorado já vencia por 3 a 0. Com o desastre, o técnico Levir Culpi nem esperou o intervalo. Sacou o zagueiro Alessandro Lopes aos 30 minutos de jogo e colocou o meia William no jogo. Não fez muita diferença: o Atlético levou mais três.

O técnico ressaltou que não tirou Alessandro em função de seu desempenho individual, mas que foi uma opção tática. “O Alessandro esteve no nível dos outros, nem acima nem abaixo. Todo mundo esteve mal. Eu so tirei o Alessanro para reforçar o meio-campo”, falou ele.

A zaga que começou a partida contra o Inter foi exatamente a mesma que jogou na estréia do Brasileirão, contra o São Paulo: Alessandro Lopes, Marinho e Igor.



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

General é General…

Estamos em franca recuperação no Campeonato Brasileiro, jogando um futebol melhor, criando oportunidades, mas perdendo gols e deixando de tomar gols, em um momento, importantissímo……

Opinião

Pés no chão

                É impossível não ficar empolgado com o time novamente após o jogo de ontem. Com três vitórias seguidas, o 2×0 contra o Galo em…