26 jul 2004 - 11h04

Manchetes atleticanas desta segunda-feira

Arena é a salvação para compensar vexames fora de casa
Segundo Levir, o fato do time estar no bloco de cima da tabela mostra que o desempenho não é tão ruim assim. “Nós temos que ter tranqüilidade e saber separar. Claro que se o time perde fora de casa, tem que ganhar em casa”, diz. Mesmo assim, o treinador sabe que a Arena sozinha não será suficiente para superar a Macaca. “A Ponte Preta é um time que se fecha muito no sistema defensivo e vai exigir muito para deixar a gente vencer”. [Leia mais].

 

É dando que se recebe
Mesmo com a triste série de coincidências, o técnico Levir Culpi rechaça a pecha de altos e baixos para o time. Logo em seguida à derrota em Santa Catarina, em entrevista coletiva, o treinador foi fiel ao discurso dos últimos dias – e só lamentou a desatenção no início das partidas. “Eu não acho que a campanha é totalmente irregular. Ela é muito regular. Fizemos somente dois jogos ruins fora de casa, tenho a minha opinião”, disse, para em seguida surpreender. [Leia mais].

 

Goleadas intrigam o Furacão
Ninguém consegue explicar o que está acontecendo com o Atlético. A mesma equipe que brilha e encanta os seus torcedores na Arena da Baixada não dando chances aos adversários, é arrasada fora de seus domínios. [Leia mais].

 

Culpi critica defesa e arbitragem
O técnico do Atlético, Levir Culpi, criticou as arbitragens e o sistema defensivo da equipe, após a derrota por 4 a 1 para o Criciúma, no sábado, pela 18 rodada do Campeonato Brasileiro. Foi a quarta goleada sofrida pelo time na competição as outras foram o 6 a 0 para o Inter, o 3 a 0 para o Flamengo e o 3 a 0 para o Figueirense. [Leia mais].

 

Goleadas sofridas pelo Atlético intrigam o técnico Levir Culpi
O Atlético terá agora a chance da tão esperada regularidade na competição. A equipe joga duas partidas em casa. Primeiro recebe a Ponte Preta, quarta-feira, em seguida enfrenta o Grêmio, no sábado. [Leia mais].

 


Últimas Notícias