4 ago 2004 - 1h03

955 dias depois…

Não há como não lembrar da fantástica jogada começada por Kléber no meio-campo. Ele abriu na ponta-esquerda, Fabiano deu um chute cruzado e a bola sobrou para Alex Mineiro. Na metade do segundo tempo o Furacão abria o placar no Estádio Anacleto Campanella, em São Caetano, e conquistava o título de Campeão Brasileiro.

Passados 955 dias da conquista o Rubro-negro volta ao ABC Paulista para enfrentar o mesmo adversário da final de 2001. Os dois times já se enfrentaram sete vezes: três vitórias do Atlético, duas derrotas e dois empates.

Para a partida que começa às 20h30 o técnico Levir Culpi deve fazer duas alterações: saem Morais e Ilan para as entradas de Fabiano e Dagoberto. Se esse prognóstico for o certo, o treinador vai escalar o Rubro-negro com três zagueiros (Marinho, Rogério Corrêa e Marcão) e dois volantes (Fabiano e Alan Bahia). Jadson e Morais ficariam no banco de reservas. Quem também perde a posição é o atacante Ilan, que ultimamente vem se esforçando bastante nos jogos do Atlético.

Adversário

No São Caetano, que parecia ter atingido a traqüilidade que tanto buscava na estréia do técnico Péricles Chamusca, quando bateu o Internacional em casa por 2 a 0, a insegurança voltou após a derrota para o Corinthians. A zaga, que ainda não conta com Dininho, se recuperando de uma cirurgia no nariz, deve ter o trio Gustavo, Serginho e Thiago, apesar do 4-4-2 usado no segundo tempo contra o Corinthians. O volante Marco Aurélio, que vinha improvisado de zagueiro, levou o terceiro amarelo e não joga.

A dupla de ataque Euller-Fabrício Carvalho, que passou em branco contra o Corinthians, não deve ser sacrificada pelo técnico Péricles Chamusca, que deve a derrota ao ‘fator Fábio Costa’. ‘Ele teve participação determinante. Além disso, colocamos duas bolas na trave’, lamentou o treinador.

A partida só vai ser transmitida através das rádios. A NET não disponibilizou o sistema de PPV para o confronto que reúne os finalistas do Campeonato Brasileiro de 2001.

21ª rodada – Brasileiro – (04/08/04) – São Caetano x Atlético
L: Anacleto Campanella; H: 20h30; A: Luís Antônio Silva Santos (RJ).

SÃO CAETANO:Silvio Luiz; Gustavo, Serginho e Thiago; Anderson Lima; Marcelo Matos, Mineiro, Marcinho e Triguinho; Euller (Warley) e Fabrício Carvalho. T: Péricles Chamusca.

ATLÉTICO: Diego; Marinho, Marcão e Rogério Corrêa; Pingo, Alan Bahia, Fabiano, Fernandinho e Ivan; Dagoberto e Washington. T: Levir Culpi.



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

Time voando baixo

Foi um “Passeio”, o time comandado por Eduardo Barros, deu aula… Os meninos Christian e Erick, comando meio de campo, Wellington o “maestro” regendo a…

Opinião

Libertadores, estamos aqui

Do alto da nossa sétima participação na Copa Libertadores da América, temos que reconhecer que já temos muita história para contar: da primeira participação, via…