5 ago 2004 - 12h18

Manchetes atleticanas desta quinta-feira

Contra-ataque do Furacão liquidou o São Caetano
Se o Atlético precisava ser chato para vencer o São Caetano, cumpriu à risca as determinações do técnico Levir Culpi e volta do ABC paulista com os três pontos na bagagem. No palco de sua maior conquista (o título de campeão brasileiro em 2001), o Rubro-Negro jogou com mais raça do que técnica e matou o Azulão nos contra-ataques. Meteu 3 a 0 no time da bengala e subiu para a quinta posição na tabela de classificação. O próximo compromisso será o Vasco da Gama, domingo, na Arena. [Leia mais].

 

As goleadas voltaram
Os resultados elásticos estão de volta. E com uma novidade. Desta vez o Atlético conseguiu repetir fora de casa as vitórias expressivas da Arena, fazendo a torcida esquecer as goleadas sofridas diante de Internacional e Criciúma nas últimas vezes em que o time havia jogado longe de Curitiba. O placar de 3 a 0 sobre o São Caetano ontem, no Estádio Anacleto Campanella, não deixou dúvidas sobre a eficiência da estratégia adotada pelo técnico Levir Culpi, apostando tudo nos contra-ataques. [Leia mais].

 

Atlético-PR vence São Caetano fora de casa
O Atlético-PR derrotou o São Caetano por 3 a 0, na noite desta quarta-feira, no estádio Anacleto Campanella, em São Caetano do Sul, pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro. Dagoberto, Marinho e Washington fizeram os gols paranaenses. Com a vitória, o Furacão chegou aos 34 pontos e está na quinta colocação ao lado do Palmeiras. [Leia mais].

 

Atlético faz nova festa no palco do título nacional
No local em que conseguiu sua maior conquista — o Brasileirão de 2001 — o Atlético voltou a fazer a festa. O time aplicou mais uma goleada: 3 a 0 no São Caetano, até então a segunda melhor defesa do Brasileirão. A elástica vitória valeu a retomada de duas posições na tabela de classificação — de sétimo para quinto lugar. [Leia mais].

 

Atlético volta a fazer festa no Campanella
O Furacão da Baixada entrou de vez na luta pelos primeiros lugares na classificação geral do Campeonato Brasileiro. Ontem, o time foi até o estádio Anacleto Campanella, onde conquistou o título mais importante da sua história, e atropelou o pobre São Caetano: 3 X 0. Dagoberto, Marinho e Washington foram os comandantes da festa rubro-negra. [Leia mais].

 


Últimas Notícias

Fala, Atleticano

General é General…

Estamos em franca recuperação no Campeonato Brasileiro, jogando um futebol melhor, criando oportunidades, mas perdendo gols e deixando de tomar gols, em um momento, importantissímo……

Opinião

Pés no chão

                É impossível não ficar empolgado com o time novamente após o jogo de ontem. Com três vitórias seguidas, o 2×0 contra o Galo em…