2 set 2004 - 13h56

Dinda diz que já está pronto estrear

O volante Dinda está com "fome de bola". A expressão é utilizada entre os jogadores de futebol para expressar a vontade que os boleiros têm de jogar. Contratado há mais de um mês pelo Atlético, Dinda já teve seu contrato inscrito na CBF e está treinando com o elenco principal. Apesar disso, ainda não foi relacionado para nenhuma partida neste Campeonato Brasileiro.

Em entrevista exclusiva à Furacao.com, Dinda falou sobre seu estilo de jogo e seu desejo em estrear logo com a camisa rubro-negra. Confira:

Furacao.com: Você estava jogando em Portugal em que posição?
Estava jogando como meia mais defensivo do que ofensivo. Mas de vez em quando eu ia à frente e fazia meus golzinhos.

Furacao.com: Você começou a carreira jogando mais avançado, não?
É verdade. Eu comecei minha carreira como atacante. Joguei como centroavante no Sport e no Náutico. Mas quando eu cheguei em Portugal, um treinador que eu admiro até hoje, que é o Antonio Jesus, foi quem me adaptou para jogar no meio-campo. Passei a jogar nessa função, com estilo pegador e graças a Deus fui feliz na posição.

Furacao.com: Para o torcedor atleticano ter uma idéia, suas características se assemelham a qual jogador?
Eu jogo mais ou menos na mesma função do Alan. Só que Alan joga mais fixo e eu gosto de chegar um pouco mais à frente. Mas eu jogo nessa função de ser primeiro marcador, segundo marcador, mas com liberdade de chegar para finalizar.

Furacao.com: Você já foi liberado para jogar? Está dependendo do que para estrear?
Eu já estou aqui há mais de um mês e a documentação já chegou de Portugal há umas duas semanas. Eu estava à espera de uns exames feitos pelos médicos do Atlético, mas o resultado já saiu e estou liberado. A partir de agora, fico dependendo apenas do professor Levir.



Últimas Notícias

Torcida

Colecionadores da nossa paixão

Para alguns torcedores atleticanos, não basta apenas vestir a camisa por amor. É preciso guardar algumas, centenas delas num acervo particular, em coleções prá lá…