20 set 2004 - 0h10

Washington só pensa no título brasileiro

Depois da ótima vitória sobre o Cruzeiro por 4 a 2, o atacante Washington foi um dos jogadores mais procurados pela imprensa mineira. Autor de dois gols e vice-artilheiro da competição, o jogador fez questão de destacar que está pensando fixamente na conquista do título brasileiro. A artilharia é apenas seu segundo objetivo.

Confira as principais declarações de Washington em entrevista concedida à Radio Itatiaia:

VIRADA SOBRE O CRUZEIRO
"Foi uma grande virada. No primeiro tempo acho que a gente já merecia ter virado, mas no segundo tempo soubemos aproveitar e fazer essa vantagem no marcador."

LANCE DO PÊNALTI
"Foi claríssimo. O Sorin me segurou."

TÍTULO
"Estou muito feliz com este momento que eu e toda a equipe do Atlético estamos vivendo. Mas quero dizer que meu primeito objetivo é o título. E depois, conseqüentemente, é claro que eu quero buscar gols e a artilharia. Mas eu prefiro mil vezes ser campeão a ser artilheiro."

RECORDE
"Para mim, é uma satisfação muito grande. Já faço parte da história da Ponte e agora do Atlético. Estou muito feliz e quero, com a ajuda dos meus companheiros, marcar a história como campeão. Quero fazer de tudo para buscar o título. Temos de fazer a festa melhor e maior que é o título."

EQUILÍBRIO
"O Levir deu uma cara para a nossa equipe. Ele deu um equilíbrio muito grande à nossa equipe. Além de buscar o ataque em casa, a gente também joga forte fora de casa. Temos de manter esse mesmo nível, essa mesma humildade para ficarmos muito mais partidas sem perder."

NADA DEFINIDO
"O título está pra todos. Todas as equipes têm condições de chegar. Acontece muita coisa em 15 partidas. Se o Atlético mantiver a mesma média, podemos ter mais chances que os outros, mas ainda não está nada definido para nós."



Últimas Notícias

Fala, Atleticano

Time voando baixo

Foi um “Passeio”, o time comandado por Eduardo Barros, deu aula… Os meninos Christian e Erick, comando meio de campo, Wellington o “maestro” regendo a…

Opinião

Libertadores, estamos aqui

Do alto da nossa sétima participação na Copa Libertadores da América, temos que reconhecer que já temos muita história para contar: da primeira participação, via…