7 nov 2004 - 20h13

Para comentarista Gerson, resultado foi justo

O comentarista esportivo Gerson considerou justa a vitória do Atlético sobre o Fluminense por 2 a 1 neste domingo. O "Canhotinha de Ouro" já comentou jogos para a Band e hoje é analista da Rádio Globo AM, do Rio de Janeiro. Ex-craque da Seleção Brasileira e do próprio Flu, Gerson não esconde que seu time de coração é o tricolor.

Por isso, ele ficou irritado com a derrota da equipe. "Bem feito para o Fluminens. Já não estava jogando nada, e o Odvan ainda é expulso aos 26 minutos do segundo tempo. Não tinha conexão entre o meio-campo e o ataque, já estava totalmente perdido. O primeiro tempo foi horroroso, erros dos dois times. Arrebentaram o campo todo", criticou.

Gerson acha que os dois gols do Furacão saíram em erros do tricolor. "Os dois gols do Atlético foram em falhas da defesa do Fluminense. Essa defesa do Fluminense é horrorosa. Por isso, o resultado foi justo", disse ele.

Elogios a Levir

Para o analista da Rádio Globo, o panorama do jogo mudou a partir das modificações de Levir Culpi, que sacou Alessandro Lopes e, no finalzinho, Igor.

"As modificações feitas pelo Atlético Paranaense surtiram efeito. Ele (Levir Culpi) tirou todos os zagueiros, só deixou um, o Fabiano. Todos os outros jogadores ficaram policiando o meio-campo, um setor onde o Fluminense tinha dificuldades. O time do Fluminense foi lá para trás e veio a pressão toda", afirmou, assinalando que a principal jogada atleticana é explorar as laterais e jogar a bola para Washington na área.

O artilheiro atleticano foi escolhido pela Rádio Globo como o melhor em campo. "Ele deitou e rolou em cima dessa zaga do Fluminense. Eu até daria o último gol para ele, mesmo com o Fernandinho tendo cabeceado", finalizou o Canhota.



Últimas Notícias