15 fev 2005 - 20h45

A vitória escapou no final

O torcedor atleticano passou da euforia à decepção e da tragédia à esperança. Apesar do empate com o Independiente da Colômbia por 2 a 2, o Atlético dirigido pelo técnico Casemiro Mior provou que pode sim, fazer uma boa campanha na temporada de 2005. O debut na Copa Libertadores só não foi melhor por pequenos detalhes, que devem ser corrigidos quando o elenco pegar ritmo de jogo.

A partida desta terça-feira começou com o Furacão levando perigo ao goleiro David González, do Independiente. Já no primeiro minuto Fernandinho arrancou pela direita e sofreu falta. Na cobrança o mesmo Fernandinho recebeu livre na área, fez o gol, mas o auxiliar anotou, acertadamente, o impedimento. Três minutos depois Fabrício recebeu um bom passe de Alan Bahia, mas chutou por cima. A pressão atleticana fez efeito aos 11 minutos. Marcão cobrou uma falta de longa distância e acertou na gaveta colombiana. O gol animou ainda mais o Atlético, que só não ampliou porque Lima, Denis Marques e Fabrício não fizeram um bom primeiro tempo.


Marcão fez o primeiro gol do Atlético na Libertadores
Foto: Gerardo Gómez/AFP

A melhor chance do Independiente empatar foi aos 26 minutos. Lima derrubou Benítez dentro da área e o árbitro Mauricio Reinoso apitou a penalidade. Morantes cobrou fraco e Tiago Cardoso fez uma bela defesa, garantindo o resultado parcial de 1 a 0 para o Furacão.

Vitória não veio por pouco

O Atlético começou o segundo tempo com a mesma vontade do primeiro. Aos cinco minutos Fabrício deu um belo toque para Denis Marques chutar colocado no canto esquerdo de David González e fazer mais um para o Furacão. O gol animou ainda mais o Atlético, que perdeu boas chances de ampliar com Marín e Lima.

O Independiente só foi incomodar o gol de Tiago Cardoso aos 29 minutos. A bola chutada passou perto da meta atleticana. Oito minutos depois o time colombiano diminuiu com González. No cruzamento da esquerda, a zaga brasileira bobeou e o chute do jogador da Colômbia foi indefensável.

Um minuto após o gol, a estréia de Marín foi ofuscada pelo cartão vermelho que levou. Com um homem a menos o Independiente foi pra cima, fez uma pressão incrível e conseguiu empatar aos 45 minutos com Morantes. O árbitro equatoriano Mauricio Reinoso ainda deu mais três minutos de acréscimos, insuficientes para o Furacão fazer o terceiro.

Lances do primeiro tempo

01′- Fernandinho arrancou pela direita e sofreu falta
01′- Na cobrança de falta Fernandinho fez o gol, mas estava impedido
04′- Fabrício recebeu de Alan Bahia e chutou por cima do gol de David González
11′- Gol do Atlético. Bela cobrança de falta de Marcão
16′- Serna não aproveitou um passe e perdeu a chance de empatar
18′- Na cobrança de falta de Morantes, Tiago Cardoso espalmou para escanteio
21′- Denis Marques faz boa jogada e recebe falta na entrada da área
22′- Fabrício cobrou bem a falta, mas o segundo gol não saiu
25′- Depois que Marcão sofreu uma falta, Fernandinho fez o cruzamento, mas ninguém aproveitou
26′- Lima derrubou Benítez na área. O árbitro Mauricio Reinoso marcou pênalti
28′- Tiago Cardoso defendeu o pênalti cobrado por Morantes
39′- Fernandinho driblou três jogadores e foi derrubado perto da área
40′- Fabrício chutou a falta em cima da barreira
46′- Fim do primeiro tempo

Lances do segundo tempo

05′- Gol do Atlético. Fabrício deu um belo toque e Denis Marques chutou de fora da área, colocado no canto esquerdo
07′- Benítez tentou de fora da área e Tiago Cardoso defendeu com segurança
11′- Fabrício tentou encobrir o goleiro David González, mas chutou para fora
16′- Marín chutou forte de fora da área, o goleiro espalmou para escanteio
18′- Marcão passou bem por um adversário e chutou no canto. David González defendeu
21′- Contra-ataque do Atlético. Denis Marques tocou para Fabrício, que ajeitou para Lima chutar para fora
29′- O Independiente chega com perigo, mas o chute colombiano sai pelo lado esquerdo de Tiago Cardoso
38′- González marcou o primeiro do Independiente depois de uma falha da zaga atleticana
39′- O lateral-esquerda Marín é expulso após cometer falta violenta
43′- Marcão fez falta no lado esquerdo da zaga atleticana
44′- Tiago Cardoso faz uma espetacular defesa na cobrança ensaiada do Independiente
45′- Gol do Independiente. Morantes fez de fora da área
48′- Fim do jogo

Maratona de prêmio
Você tem até o dia 07 de março para concorrer a uma camisa oficial do goleiro Diego. Basta votar na Furacao.com no Prêmio iBEST, Categorias Pessoal-Futebol e Regional-Paraná, prencher o nosso formulário eletrônico e torcer. Veja o regulamento completo clicando aqui.

Saiba mais sobre a Libertadores da América

1ª rodada – Libertadores – (15/02/05) – Independiente 2 x 2 Atlético
L: Atanasio Girardot; H: 21h45; A: Mauricio Reinoso (EQU); CA: Rodrigo Souto (12′), Baloy (12′), Jaramillo (19′), Cocito (42′), Castrillón (42′) e Marín (80′); CV Marín (84′); P: n/d; R: R$ n/d; G: Marcão, aos 12 do 1°; Denis Marques, aos 5, González, aos 38, e Morantes, aos 45 do 2°.

INDEPENDIENTE: David González; Ramos (Valoyes int), Velandia, Juan Diego González e Benítez; Calle, Jaramillo (Giraldo 62′), Castrillón e Morantes; Molina (Montoya 85′) e Serna. T: Pedro Sarmiento.

ATLÉTICO: Tiago Cardoso; Fernandinho, Baloy, Cocito, Marcão e Marín; Alan Bahia, Rodrigo Souto e Fabrício (Ticão 75′); Lima (Maciel 90+1′) e Denis Marques (André Rocha 87′). T: Casemiro Mior.



Últimas Notícias

Notícias

Valeu, menino Rony!

Os olhos marejados não me deixavam apreciar o momento. A explosão em uma das maiores conquistas que já vivi, me faziam apenas ouvir um nome:…