9 mar 2005 - 8h31

Hora da vingança?

O Atlético entrará em campo nesta quinta-feira, às 23h30, para enfrentar o América de Cali em seu território, o Estádio Pascual Guerrero. Esse confronto não traz nenhuma boa lembrança ao torcedor atleticano e ao jogador Fabrício, único do elenco atual a estar presente na goleada sofrida para o mesmo América na Copa Libertadores de 2002.

Na ocasião, o Atlético precisava vencer e torcer por outra combinação para conseguir a vaga na segunda fase da competição. Deu tudo errado. Com o primeiro gol sofrido a equipe rubro-negra partiu para desespero e acabou levando sua maior goleada dos últimos tempos. O discurso foi unânime: “Perdido de um, perdido de cinco”.

Para a torcida atleticana, esta será a chance de honrar o nome do time e vingar a derrota por 5 a 0. No entanto, pelo menos publicamente, o discurso dos jogadores atleticanos não é de revanche. Todos foram à Colômbia pensando apenas na Libertadores de 2005. Uma vitória em Cali deixa o Furacão com excelentes chances de classificação, pois irá assumir a liderança isolada do Grupo 1 e ainda terá duas partidas na Baixada.

O técnico Casemiro Mior diz querer a vitória no país vizinho, mas também considera o empate um ótimo resultado fora de casa. Com o discurso “É difícil, mas não impossível” o treinador também aposta na vitória para dar mais tranqüilidade à equipe nesta fase da competição. Já o zagueiro Marcão acredita na vitória sobre o América de Cali nas duas partidas. “Depois eles que briguem entre si”, disse.

Para tentar apagar a mancha deixada em 2002, a equipe atual deve entrar em campo com a seguinte formação: Diego, Baloy, Marcão e Cocito; Jancarlos, Alan Bahia, Rodrigo Souto, Fernandinho e Marín; Denis Marques e Lima. A partida terá transmissão ao vivo para todo o Brasil através do canal Sportv e o torcedor atleticano espera contar com a raça desses jogadores para honrar o nome do time na Colômbia.



Últimas Notícias

Opinião

Parabéns Athletico

Não é fácil passar o aniversário de quem a gente ama separados. A distância dói e nas datas especiais o coração aperta ainda mais. Aquela…

Fala, Atleticano

Melancólico

Sim, Perdemos… O time rubro negro, perdeu de 4×0 para o nosso maior rival, alias mereceu perder, não vi o jogo, assim como nenhum torcedor…